Log in

PSP da Lagoa detém suspeito de tráfico de droga no Porto dos Carneiros

© D.R.
pubpub

Foi detido na freguesia de Nossa Senhora do Rosário, na Lagoa, ilha de São Miguel, um homem de 50 anos, por se encontrar fortemente indiciado pela prática do crime de tráfico de droga.

De acordo com comunicado enviado pelo comando regional da PSP dos Açores, no âmbito de uma operação policial desenvolvida a 10 de outubro, policias da esquadra da Lagoa detiveram, em flagrante delito, o referido arguido. O suspeito foi intercetado no exato momento em que procedia à venda direta de estupefacientes de origem sintética a consumidores da referida substância em pleno centro do Portos dos Carneiros.

A PSP explica, no entanto, que a medida de coação da obrigação de apresentações periódicas diárias perante as autoridades e a proibição de frequentar o porto de pescas e a recente detenção de que foi alvo, não foram suficientes para o inibir de prosseguir com a atividade criminosa de forma reiterada e intensa. Após ter sido restituído à liberdade, continuou com o tráfico de droga sintética de forma mais cuidadosa e discreta a partir do Porto dos Carneiros. A situação despoletou várias denuncias às autoridades e motivou uma nova intervenção por parte da PSP.

Já no passado dia 25 de outubro foi, então, montada uma nova operação policial e foi possível intercetar, mais uma vez, o arguido a proceder à venda direta de droga sintética a dois toxicodependentes em pleno Porto dos Carneiros. Foram também localizadas e apreendidas doses individuais de droga sintética e quantias monetárias suspeitas. A PSP salienta que esse facto veio “permitir corroborar as inúmeras denuncias que chegaram ao conhecimento” da esquadra lagoense.

A força policial refere, ainda, que os resultados da operação policial desenvolvida inserem-se na ação estratégica e prioritária de prevenção e combate delineada pela PSP, a qual já levou, ao longo dos últimos meses, à detenção e consequente privação da liberdade de vários arguidos ligados ao tráfico de droga no Porto dos Carneiros.

Após ter sido presente novamente a interrogatório judicial no Tribunal de Ponta Delgada, o arguido aguardará os ulteriores termos do processo em prisão preventiva.

Na nota de imprensa enviada às redações pelo comando regional, a PSP apela, ainda, a que “todos os cidadãos ou vítimas que, sempre que tenham conhecimento de situações suspeitas ou relacionadas com a prática de ilícitos, contactem, no mais curto espaço de tempo e por qualquer via, qualquer esquadra da PSP a fim de acionar a intervenção policial em tempo útil e em prol de um melhor serviço à comunidade.”

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.