Log in

Avós lagoenses participam na segunda Bienal de Artes & Ofícios

© CM LAGOA
pubpub

O grupo de avós lagoenses do projeto “A Avó Veio Trabalhar nos Açores” vai participar na terceira edição dos “Dias Abertos Artes & Ofícios” da segunda Bienal Artes & Ofícios, com um Workshop de Bordado – Figuras de Presépio, a ter lugar no dia 11 de maio, na Casa da Cultura Carlos César, segundo nota de imprensa da Câmara Municipal da lagoa (CML).

De acordo com a autarquia, “o workshop pretende ser uma experiência imersiva entre a cultura tradicional, a arte bonecreira de Lagoa, e o afeto de ‘avó’. Ao longo de três horas, cada participante aprenderá a bordar uma figura tradicional do presépio e a convertê-la numa pregadeira”.

Esta iniciativa decorrerá entre as 10h00 e as 13h00 do dia 11 de maio, e está limitado a 10 inscrições, podendo os interessados realizar a sua inscrição, até ao dia oito de maio, através do site da bienal. Esta é uma iniciativa destinada a uma faixa etária dos oito aos 90 anos. A inscrição terá o valor de 21,15 euros por participante, estando incluídos todos os materiais necessários à atividade e seguro de acidentes pessoais, informa ainda a CML.

O comunicado explica ainda que este é o primeiro ano que a Bienal Artes & Ofícios decorre nos Açores. Os “Dias Abertos Artes & Ofícios | Novo Design” são um projeto da Spira, uma empresa especializada em revitalização patrimonial. Todos os anos, entre abril e maio, os artesãos abrem ao público as suas oficinas, promovendo visitas e workshops, ao longo de seis fins-de-semana, distribuídos por todas as regiões de Portugal Continental e Açores. O público é convidado a experienciar as manualidades associadas a estas práticas tradicionais.

O projeto “A Avó Veio Trabalhar” é uma hub criativa para maiores de 60 anos e trata-se de uma iniciativa sem fins lucrativos de impacto local. Um espaço de produção artesanal e criativa, que produz uma rede de afetos, onde o centro são os mais velhos e as suas mestrias. Cada avó tem um talento único, aspirações e paixões que são celebradas individualmente. A iniciativa chegou aos Açores, mais propriamente a São Miguel, em 2018, à Lagoa.

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.