Log in

5º aniversário da Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira assinalado com exposição “Três Pintores” de Urbano Resendes e Victor Almeida

5o-aniversario-da-biblioteca-municipal-tomaz-borba-vieira-assinalado-com-exposicao-tres-pintores-de-urbano-e-victor-almeida

É já no próximo sábado, 15 de outubro, pelas 17h00, que será inaugurada a exposição “Três Pintores” dos artistas plásticos Urbano Resendes e Victor Almeida que assinalará cinco anos de existência da Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira, sedeada num dos ex libris do concelho de Lagoa, o Convento dos Franciscanos.

Segundo a autarquia, a Biblioteca Municipal Tomaz Borba Vieira tem, desde o momento que abriu as suas portas, pautado por desenvolver um trabalho não só no âmbito da promoção da leitura, como também na área das artes, procurando preservar e divulgar as artes populares, mas também outras correntes artísticas, apostando fortemente na educação de públicos.

Para assinalar esta efeméride, a Câmara Municipal de Lagoa convidou dois pintores de renome e que já têm colaborado em outras ações neste espaço de educação e cultura da Lagoa.

Recorde-se que, Victor Almeida, ao longo de dois anos, ministrou aulas de pintura na biblioteca, e que Urbano é co-autor da obra “Tomaz com Z” a história de uma vida feliz”, história que narra a biografia do pintor Tomaz Vieira.

No dia da inauguração, e a proferir algumas palavras, estará Leonor Sampaio da Silva, docente no Departamento de Línguas e Literatura Modernas da Universidade dos Açores e galardoada, em 2015, com o prémio Humanidades Daniel de Sá. De realçar, igualmente, a ligação que os pintores fazem ao patrono da biblioteca, algo que se encontra presente no próprio titulo da exposição e que é demonstrativo da sua admiração artística e estima.

Ambos os pintores têm vindo a demonstrar um percurso indiscutível e memorável nas artes plásticas. Urbano nasceu em São Miguel em 1959. Estudou gravura na Slade School of Fine Art, em Londres, com Bartolomeu Cid dos Santos e Bruce McLean. Em 1998, participou no Programa Kaleidoscope (Gravura), The Royal University College of Fine Arts. Desde 1997 que vive e trabalha em Lisboa e nos Açores. É também desde essa data representado pela Galeria 111. Realizou mais de 40 exposições individuais e participou em mais de 80 coletivas, estando a sua obra presente em inúmeras coleções particulares e públicas em Portugal e no estrangeiro. Autor do retábulo da capela do Hospital Divino Espírito Santo, já em 2016, realizou um painel em pedra gravada para o Núcleo de Santo André do Museu Carlos Machado. Já Victor Almeida, licenciado em Artes Plásticas-Pintura pela Faculdade de Belas Artes do Porto, exerce docência no ensino secundário e ministra, anualmente, cursos de pintura para adultos na Casa da Cultura Carlos César, no concelho de Lagoa. Em 2000, recebeu o Prémio Artes & Letras para melhor exposição do ano 1999 e, em 2003, realizou a decoração do baptistério da Igreja de Nossa Senhora da Oliveira na Fajã de Cima. Em 2006, realizou uma intervenção com quatro painéis de azulejos para a Escola Roberto Ivens (Ponta Delgada). O seu currículo integra diversas exposições individuais e inúmeras coletivas, estando a sua obra representada em diferentes coleções particulares e públicas.

A jovem autarca que lidera o executivo da Câmara Municipal, Cristina Calisto Decq Mota, considera que “esta exposição é uma forma de assinalar os cinco anos de existência de um espaço de educação não-formal e cultural que tem pautado por desenvolver um trabalho com diversos públicos e em várias áreas, com destaque para as artes plásticas, apostando na educação e cultura como áreas transversais.” Neste contexto, espera a mesma, que este equipamento cultural e educativo se encha no próximo sábado, reiterando, desta forma, o convite a todos os interessados desta iniciativa, inclusive os mais novos, para os quais será realizado serviço educativo para esta faixa etária, como forma de incentivar a participação das famílias em eventos desta natureza.

DL/CML

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.

Laisser un commentaire

Votre adresse e-mail ne sera pas publiée. Les champs obligatoires sont indiqués avec *

CAPTCHA ImageChanger d'image