Estrutura da carne nos Açores envolve todos os parceiros do setor

O Secretário Regional da Agricultura e Florestas anunciou que a estrutura da carne, que reuniu, esta quarta-feira, dia 7 de junho, pela primeira vez, tem como sócios fundadores o Governo Regional, a Federação Agrícola e a Câmara de Comércio e Indústria dos Açores, ficando as restantes associações e cooperativas ligadas ao setor como sócios ordinários, com os mesmos direitos e deveres que os sócios fundadores.

“O que importa é que chegamos a um acordo positivo em relação à constituição e funcionamento da estrutura de acompanhamento da carne de bovino dos Açores”, afirmou João Ponte, em declarações no final da reunião.

O titular da pasta da Agricultura adiantou que a designação desta estrutura está ainda em aberto, ficando os parceiros de apresentar propostas até ao final desta semana, para que se possa fazer em seguida o seu registo e a escritura de constituição.

Segundo o executivo regional, na reunião realizada, que decorreu nas instalações da Associação Agrícola de São Miguel, participaram mais de uma dezena de parceiros ligados ao setor da carne com o objetivo de constituir um grupo que acrescente valor a um produto importante para a economia regional.

Esta estrutura terá como missão promover a carne açoriana, encontrar mecanismos de valorização da fileira, promover estudos científicos e analisar os mercados nacionais e internacionais, com vista ao desenvolvimento de uma fileira economicamente importante e em crescimento no arquipélago.

Paralelamente, pretende-se que incentive a realização de estudos científicos e técnicos, abrangendo as diferentes vertentes socioeconómicas da realidade do setor na Região e contribua para a educação do consumidor, promovendo ações que divulguem os benefícios associados ao consumo de carne.

Os Açores produzem carne de grande qualidade em resultado do esforço dos empresários agrícolas e dos investimentos públicos realizados em infraestruturas de apoio à fileira, nomeadamente a construção de uma nova e moderna rede regional de abate.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário