Estratégia para o combate à pobreza e exclusão social vai ser apresentada no segundo semestre deste ano

A Secretária Regional da Solidariedade Social manifestou esta quarta-feira, dia 7 de junho, em Ponta Delgada, a “total abertura” do Governo dos Açores para colaborar com a Rede Europeia Anti-Pobreza, frisando que a Região “só tem a beneficiar com as suas experiências e com o seu conhecimento”.

Andreia Cardoso, que falava no final de uma reunião com o Presidente da Rede Europeia Anti-Pobreza, Agostinho Moreira, afirmou que “está já em marcha a definição de uma estratégica de combate à pobreza e exclusão social, que será apresentada no início do segundo semestre”, salientando “a vontade da Rede em querer participar quer na elaboração, quer na implementação desta estratégia”.

“É indispensável beneficiarmos do conhecimento que a Rede tem, a nível nacional, de implementação de estratégias locais atendendo às particularidades de cada território”, frisou.

Andreia Cardoso frisou ainda que esta Rede tem tido o mérito de apresentar a nível nacional propostas concretas neste campo e de ter experiência neste domínio, daí ser “uma mais-valia para a Região”.

A titular da pasta da Solidariedade Social referiu ainda que a mudança de mentalidade é muita lenta, mas tem de ser iniciada e que esta é uma mudança que já foi iniciada e há provas disso em várias áreas na Região.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário