Log in

Governo alarga programa “Nascer +” a todos os concelhos dos Açores

© VPGRA

O programa “Nascer +” vai ser alargado, em 2024, a todos os concelhos dos Açores, considerando as conclusões do relatório de avaliação do projeto-piloto. “Para o efeito, a anteproposta do plano e orçamento para 2024 prevê a verba de três milhões de euros para este programa”, adiantou Artur Lima.

O vice-presidente do governo dos Açores tornou pública esta intenção durante a sessão pública de apresentação do relatório de avaliação do programa. “Verificamos que a decisão de realizar um projeto-piloto nos concelhos mais afetados pelo despovoamento foi a mais acertada, uma vez que nos permitiu aferir do seu impacto e da sua eficácia, sem desbaratar dinheiro público”, referiu.

Da leitura do relatório apresentado, ficou claro que “este programa teve um impacto financeiro muito significativo junto das famílias, no primeiro ano de vida da criança, nomeadamente nos agregados de classe média cuja origem dos seus rendimentos é o trabalho”.

“Cerca de 90% dos inquiridos consideraram que o apoio de 1.500 euros “contribuiu” ou “contribuiu muito” para a redução de encargos financeiros, tendo 53% dos entrevistados referido que “tiveram uma poupança mensal entre €100 e €200”, realçou.

Durante a sua intervenção, o responsável pela pasta da solidariedade social vincou que o executivo regional tem sabido “construir uma resposta sólida de apoio à fixação da população” com o “reforço de vagas e a expansão de respostas sociais na área da infância e da juventude”, a “diminuição da carga fiscal” ou a “gratuitidade das mensalidades para frequentar creche”.

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.