Log in

Centro de treinos do Santa Clara poderá nascer em Rabo de Peixe

© ACÁCIO MATEUS

O futuro centro de treinos do Santa Clara poderá vir a ser construído em Rabo de Peixe, na canada da Meca, num terreno com cerca de 60.000m². O facto do terreno dispor de boas acessibilidades, situar-se numa zona central da ilha e oferecer garantias de construção de pelo menos dois campos de futebol de onze e um mais pequeno, faz com que ganhe a preferência da SAD em relação a outras possíveis localizações.

De acordo com informações recolhidas pelo Diário da Lagoa, a administração da sociedade anónima desportiva do Santa Clara já se reuniu com o presidente da câmara da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, encontro que serviu para aquilatar da viabilidade de construção de um centro de treinos no terreno em causa.

O presidente da autarquia confirmou que “de acordo com o PDM, o terreno em questão tem viabilidade de construção para o projeto que nos foi apresentado”. Alexandre Gaudêncio esclareceu, ainda, que “não nos foi solicitado qualquer pedido de ajuda no projeto”.

Tendo em conta a vontade já manifestada por Bruno Vicintin em ter o centro de treinos contruído até ao final da próxima época, ou seja, até maio/junho de 2024, e questionado sobre se este prazo é viável, Alexandre Gaudêncio mostrou-se otimista.

“Sim, é viável. Recomendamos que o processo de licenciamento dê entrada o mais rápido possível nos serviços de urbanismo para podermos analisar todas as peças e emitir os despachos de deferimento rapidamente, cumprindo com todos os requisitos legais. Aguardamos agora a resposta oficial por parte da SAD”, disse.

A construção de um centro de treinos numa zona onde coabitam as equipas do Desportivo de Rabo de Peixe e do Vitória do Pico da Pedra tem gerado alguma apreensão nos responsáveis destes clubes devido ao risco de perderem jovens atletas para um projeto teoricamente mais ambicioso.

Alexandre Gaudêncio vê neste empreendimento uma oportunidade para todos. “Esta poderá ser uma grande oportunidade para o concelho, não só porque ganhará uma nova infraestrutura desportiva, mas também porque poderá trazer mais pessoas a visitarem-nos. Por outro lado, julgamos que a localização é uma mais-valia para o projeto, atendendo a que está no centro da ilha, tem bons acessos e o terreno tem boas condições para a construção do centro de treinos. Em relação aos clubes do concelho será um desafio porque terão mais concorrência, mas poderá também ser uma oportunidade, podendo abrir-se novas portas de relacionamento entre clubes”.

Acácio Mateus

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *

CAPTCHA ImageCambiar Imagen