Log in

Operário garante a subida ao Campeonato de Portugal

© COD

A notícia foi anunciada hoje, em primeira mão, na página de Facebook “Futebol São Miguel” e revela que em reunião, realizada esta quinta-feira, por videoconferência entre a associação responsável pela prova e os representantes dos 10 clubes do Campeonato de Futebol dos Açores (CFA), saiu a decisão que culminou na suspensão definitiva do campeonato açoriano.

A decisão de cancelar a competição terá sido motivada pelo contexto atual da pandemia no arquipélago, em particular na ilha de São Miguel.

Dada por concluída a 8ª edição do CFA quando ainda faltavam disputar quatro jornadas, o Clube Desportivo Operário (COD) garante a presença no Campeonato de Portugal na próxima época, onde já militam as equipas do Desportivo de Rabo de Peixe e do Sporting Ideal.

O clube lagoense realizou esta época 12 partidas e alcançou a vitória por oito vezes, empatou três e saiu derrotado apenas em uma partida. Somou 27 pontos, menos um do que o Lusitânia, com 26 golos marcados contra apenas quatro sofridos. Já o clube terceirense, em 14 jogos, somou 28 pontos em oito triunfos e quatro empates, tendo sido derrotada em duas ocasiões, sendo que estava em primeiro na tabela classificativa com mais dois jogos disputados em relação ao Operário.

O apuramento do vencedor resulta da decisão dos representantes das 10 equipas que estiveram reunidos na quinta-feira por videoconferência, sendo que foi apurado através do coeficiente entre os pontos que estas detinham na altura do cancelamento e os jogos que disputaram.

Contactado pelo Diário da Lagoa, o treinador do clube lagoense diz que está “muito feliz por ajudar a colocar o Operário no lugar que merece e que é o patamar acima” e não hesita em afirmar que é “mais um objetivo alcançado” quando “o ano passado era ficar nos cinco primeiros” e “este ano era sermos campeões e somos”.

Emanuel Simão salienta que o sentimento deve-se “por ver a alegria dos meus jogadores. O que me deixa mais feliz é isso”.

O treinador dos fabris relembra-nos que a sua equipa já não perde há mais de um ano e que o feito “só foi possível com o caráter forte e profissionalismo dos jogadores.”

Quanto à continuidade na próxima época este revela que ainda não pensa no assunto porque “estava tão focado no objetivo de ser campeão que agora é desfrutar e depois logo se vê” e salienta que não vai “decidir nada com a emoção” porque pretende só tomar uma decisão “depois com a razão”.

O COD sobe pela quarta vez na sua história ao campeonato de Portugal e Emanuel Simão esteve presente em dois desses momentos, primeiro como jogador  — numa época em que foi o melhor marcador da equipa  —, e agora como treinador.

Segundo a página “Futebol São Miguel” dedicada ao futebol regional, “com a continuidade na próxima época do Sporting Ideal no Campeonato de Portugal, é ponto assente que só descem do Campeonato de Futebol dos Açores aos distritais duas equipas”, o Santiago e o Fayal Sport são as equipas que descem uma vez que ocupam os dois últimos lugares na classificação.

DL

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CAPTCHA ImageChange Image