Documentário “Cordas” premiado na ART&TUR

© D. R.

O documentário “Cordas”, da MiratecArts, produzido por Terry Costa e Diogo Rola, conquistou o segundo lugar no festival itinerante ART&TUR, que teve lugar em Ourém.

“É um prémio para os Açores”, salientou Terry Costa numa primeira reação aos resultados do ART&TUR – Festival Internacional de Cinema de Turismo, que tem como missão dar a conhecer ao mundo as melhores produções audiovisuais de turismo.

“Foi uma lufada de ar fresco quando a apresentadora mencionou o nosso filme e vi a imagem no ecrã com o nome ‘Cordas’”, contou Terry Costa, diretor artístico da MiratecArts e produtor do documentário. “Receber o prémio de um festival de prestígio, especialmente o ART&TUR, que é cobiçado pelo mundo, dá-nos energia para continuar a lutar neste setor que cada vez mais recebe cortes de investimentos do nosso governo”, atirou.

O documentário “Cordas” apresenta ao mundo o “Cordas World Music Festival”, o festival de músicas do mundo que acontece anualmente na Madalena, ilha do Pico. “Através de programação e festivais de arte conseguimos promover o concelho, a ilha, a nossa região, muito mais além. Investimentos no setor criativo e na cultura artística. Ambos têm de ser abraçados como a melhor promoção que podemos fazer dos Açores. Somos uma região pequena e a nossa maior riqueza é quem vive nas ilhas e trabalha para elas. Chegou a hora de pararmos de falar de subsídios e começar a investir como é digno”, defendeu.

Foram exibidos 87 filmes, a short-list da competição, selecionados entre os 281 filmes promocionais e documentários, de 32 países, que se inscreveram e foram avaliados pelo júri internacional constituído por peritos de cinema com origem em 19 países. Integrados em 13 sessões temáticas, além de mesas-redondas, em que especialistas refletiram sobre temas atuais abordados nos filmes exibidos, o documentário “Cordas” fez parte da sessão de filmes de música e dança a promover uma região ou cidade.

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário