Diretora Regional da Energia sublinha importância de maximizar a integração de fontes de energia renováveis nos Açores

A Diretora Regional da Energia sublinhou, em Lisboa, a importância de se “maximizar a integração de fontes de energia renováveis no sistema electroprodutor” dos Açores, que atualmente é superior a 41%.

Nesse sentido, Andreia Carreiro considerou fundamental a participação “em discussões internacionais, com destaque para as práticas emergentes na matéria, peça-chave para a materialização do desenvolvimento economicamente sustentável e descarbonizado dos Açores”.

A representatividade atual das fontes de energia renováveis e endógenas no sistema electroprodutor dos Açores “está a evoluir de forma positiva, mas ambicionamos muito mais”, frisou Andreia Carreiro, explicitando que o objetivo do Governo Regional é “eliminar a dependência externa de combustíveis fósseis, concretizando esta premissa mediante a mudança do paradigma energético atual”.

Andreia Carreiro falava à margem da conferência ‘Portugal Renewable Summit 2018’, evento internacional realizado pela APREN – Associação de Energias Renováveis, que se afirmou como palco privilegiado de partilha de conhecimentos, através de contributos de vários especialistas nacionais e internacionais em energias renováveis.

O evento debateu também as oportunidades para os cidadãos inerentes à evolução das redes elétricas tradicionais para as redes elétricas inteligentes, que se refletem na possibilidade de cada indivíduo produzir, armazenar e consumir energia recorrendo a fontes renováveis.

Segundo Andreia Carreiro, esta é uma abordagem “que tem sido desenvolvido na Região para a definição de diretrizes coesas e relevantes, com vista ao fomento da transição para a economia de baixo carbono que temos vindo a assistir nos Açores, assente nos cidadãos”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário