Dia de Portugal assinalado em Angra do Heroísmo

Foto: Armindo Caetano

As comemorações do 10 de junho nos Açores foram assinaladas este ano de forma diferente e com um reduzido número de convidados, apenas cinco entre eles o Vice-Presidente do Governo Regional, Sérgio Ávila, o Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, a Juíza Coordenadora dos Juízos de Angra do Heroísmo, o Comandante da Zona Aérea dos Açores e o Vigário Geral da Diocese de Angra.

Na mensagem do 10 de junho, o Representante da República para os Açores reconheceu “período muito difícil para as nossas vidas e para o nosso futuro” que todos atravessam.

Pedro Catarino destacou o “comportamento cívico” e o “espírito de solidariedade” dos açorianos e acredita num “futuro livre da pandemia”.

O Representante da República para os Açores diz que agora é a “hora do relançamento” da economia e da vida coletiva. 

Pedro Catarino destacou ainda o papel dos profissionais de saúde bem como das forças de segurança e Protecção Civil na luta contra a pandemia na Região. 

As cerimónias do 10 de junho nos Açores tiveram lugar na Praça Velha, em frente ao edifício da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, sem a habitual imposição de condecorações.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário