David Morais vence contra-relógio BTT XCountry São Miguel

FOTO DJ SOUSA

O ciclismo de competição está de regresso aos Açores, à ilha de São Miguel e à vida das várias dezenas de atletas, assim como de entusiastas das diversas disciplinas desta modalidade desportiva, que em março deste ano, viram-se forçados a arrumar as bicicletas e guardar os equipamentos devido às restrições impostas pelo novo coronavírus, o SARS-COV-2.

Ultrapassado o período de maior restrição e fruto das várias conversações mantidas entre a Associação de Ciclismo dos Açores, a União Velocipédica Portuguesa – Federação Portuguesa de Ciclismo e a Autoridade Regional de Saúde, foi possível retomar a competição, dando primazia aos eventos que privilegiam as disciplinas mais individuais do ciclismo.

Como tal, realizou-se no passado dia 5 de outubro, no Parque Urbano de Ponta Delgada, o primeiro evento do calendário deste ano, após a retoma da atividade, levado a cabo pela Bike Mais. O ‘Contra-Relógio BTT Cross-Country São Miguel’ contou com 17 atletas que aderiram a este modelo de prova composto por três voltas ao circuito com uma extensão de 1350 metros .

Na vertente competitiva, David Morais (Master 40, CD Metralhas) e Roberto Melo (Master 40, Bike Mais) dominaram por completo a prova, sendo os únicos a concluir a sua participação, no minuto 15. Concluíram este primeiro evento pós confinamento Covid-19 no primeiro e segundo lugares absolutos. O lugar mais baixo do pódio Absoluto ficou pertença do único concorrente Sub-23 Masculino a terminar, Romeu Sousa (Adega Mor – G.B.M. – CACB), mas vamos à ‘estória’ da prova, pelas respetivas categorias.

Romeu Sousa (Adega Mor – G.B.M. – CACB) foi o único concorrente na categoria Sub-23 Masculino e por isso levou de vencida a respetiva competição, somando o tempo de 16:07,5.

Em Elites Masculinos e também apenas com um atleta a concorrer, Tiago Furna (Fontinhas Activa/Promotora) não teve dificuldades em impor o seu ritmo e levar de vencida a prova, nesta categoria.

Em Master 30 Masculinos, André Lima e Nuno Sousa (ambos da Bike Mais) esgrimiram argumentos durante toda a prova pelo melhor lugar, sorrindo a vitória na categoria a André Lima.

Em Master 40 e com dez atletas a concluir estiveram centradas as atenções da prova.  David Morais (CD Metralhas) e Roberto Melo (Bike Mais) foram os mais rápidos. António Raposo (Marítimo Sport Clube) foi o terceiro melhor nesta categoria, sendo seguido na classificação, respetivamente, por Emanuel Carvalho (CDOL), Lourenço Cymbron e Ricardo Martins (ambos do Marítimo Sport Clube), Nuno Melo (Bike Mais), Ricardo Lopes (Marítimo Sport Clube) e Rui Dias e Valter Ferreiro (ambos da Seg-Mento/Grupo Desportivo São Vicente Ferreira).

Em Master 60, Fernando Couto (Marítimo Sport Clube) foi o único participante da categoria e por isso seu vencedor, o mesmo acontecendo com João Carlos Carreiro (Individual) na Promoção (CPT) e com Andrea Costa (5 Quinhas/M Albufeira/CDA) , a única concorrente feminina em prova, sendo por isso a melhor em Sub-23 F, Elites F e Master F.

O fim de semana de 10 e 11 de outubro é momento para a realização das próximas duas provas na ilha de São Miguel, a saber, o Encontro das Escolas de Ciclismo de São Miguel, no dia 10, e a segunda prova da Taça de São Miguel de Down-Hill.

DL/ACA

Categorias: Desporto

Deixe o seu comentário