Crianças até aos 12 anos não pagam refeições nos restaurantes da Ribeira Grande

Foto: CMRG

Entre os dias 15 de julho e 31 de agosto as crianças até aos 12 anos não pagam as suas refeições nos restaurantes da Ribeira Grande. 

A campanha “Venha jantar à Ribeira Grande” é da responsabilidade da Câmara do concelho em parceria com a Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada.

O anúncio da campanha e a assinatura do respetivo protocolo tiveram lugar em conferência de Imprensa realizada nesta quinta-feira, 9 de julho, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, durante a qual o presidente da autarquia, Alexandre Gaudêncio, explicou os objetivos da inciativa.

Nesta fase de maiores dificuldades, à qual a restauração não é alheia, entendemos dar um passo em frente no apoio aos nossos empresários. Nesse sentido, e após auscultamos as suas preocupações, decidimos avançar com esta campanha com um parceiro estratégico pela ligação de proximidade que mantém com os empresários e pelo conhecimento que detém do mercado”, observou Alexandre Gaudêncio.

O autarca salientou que a campanha “Venha jantar à Ribeira Grande” visa “isentar o pagamento das refeições, ao jantar, das crianças até doze anos, incentivando-se desta forma a que os casais com filhos possam sentir-se mais motivados para fazerem refeições nos restaurantes aderentes.”

Podem aderir à campanha os restaurantes da Ribeira Grande, independentemente de serem associados, ou não, da Câmara do Comércio e Indústria de Ponta Delgada, devendo para o efeito, cada qual, proceder a um registo prévio que formaliza a intenção de aderir à campanha.

O registo e a consulta dos restaurantes aderentes estarão disponíveis no site da Câmara do Comércio (www.ccipd.pt). A Câmara da Ribeira Grande aloca à iniciativa o montante de 25 mil euros para o período compreendido entre 15 de julho e 31 de agosto.

Cada menu de criança (que terá de ser criado propositadamente por cada restaurante aderente para efeitos de contabilização) terá o valor máximo de 7,5 euros. O protocolo é passível de renovação caso o limite definido se esgote antes do período acordado entre as partes.

DL/CMRG

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário