Cortejo Etnográfico de Água de Pau realiza-se no próximo domingo

Desfile-etnografico-agua-pau-2013 (2)

O cortejo etnográfico, que terá como tema este ano “O Provérbio é a minha profissão” sairá à rua no próximo domingo, pelas 17h00, na Vila de Água de Pau.

Trata-se da sua VIII edição, que se integra na Festa em honra de Nª. Srª. dos Anjos e que mostra a criatividade e o brio do povo pauense.

Nos últimos sete anos, foram várias as temáticas que compuseram este cortejo, nomeadamente, o tema Costumes e Tradições, a Emigração Açoriana, “Foi aqui que…”, “Açores, 9 ilhas de encanto”, “O Sustento de Outrora, o Regional de Agora”, “Antigamente, brincava-se assim…” e “ A roda do ano e os seus Sabores”, que levaram milhares de pessoas à vila de Água de Pau, para reviver o passado e o quotidiano de antigamente.

O tema “O Provérbio é a minha profissão ” contará com 9 subtemas subjacente à temática do cortejo. Os provérbios são uma manifestação de sabedoria popular e uma forma de expressão coletiva que passa de boca em boca através de gerações. Na labuta do quotidiano das gentes de Água de Pau os provérbios continuam a marcar presença, continuando a ser usados nas mais diversas áreas, acrescentando uma vertente moral às ações do dia-a-dia, enriquecendo cada ofício com saberes milenares

Assim, todos os que se deslocarem no dia 10 de agosto a Água de Pau, poderão vislumbrar as tradições e costumes subjacentes a cada profissão que será retratada no cortejo, sempre ligadas a um provérbio, tais como: “Patrão fora, dia santo na loja!”, “Uma boa lavadeira num pico de pedra lava”, “Quem faz um cesto faz um cento”, “Mulher palradeira nunca é grande tecedeira”, “Pescador de cana, come mais do que ganha”, “Não há sábado sem sol, nem domingo sem pão mole”, “É na barba dos tolos que os barbeiros aprendem”, “Nunca falta um chinelo velho para um pé manco” e “Era vinho meu bem, era o vinho que eu mais adorava. Só por ti meu bem o vinho eu largava”.

Ainda no âmbito deste cortejo, será realizada a tradicional “migalha”, onde as pessoas da Vila de Água de Pau oferecem objetos, bolos, bordados, hortaliças e frutas, entre muitas outras coisas que serão distribuídas pelos diversos carros e que serão arrematadas durante as festas em honra de Nossa Senhora dos Anjos.

Refira-se que, a VIII edição do cortejo etnográfico de Água de Pau resulta de uma organização conjunta entre a Casa do Povo de Água de Pau e a Comissão de Festas de N. Sra. dos Anjos, contando com o apoio da Câmara Municipal de Lagoa e da Sociedade Filarmónica Fraternidade Rural.

DL/CML

Categorias: Cultura

Deixe o seu comentário