Log in

Coldwell Banker sublinha que a exclusividade é o que os distingue internacionalmente

Imobiliária destaca-se pelo crescimento e pela exclusividade na qualidade de um serviço que projeta um futuro promissor no mercado local e internacional. Em Ponta Delgada, na ilha de São Miguel, a empresa tem sede na Avenida D. João III

José Wallis, 61 anos, é natural de Lisboa mas vive nos Açores há 40 anos © COLDWELL BANKER

Quem é José Wallis de Carvalho?
Vim viver para os Açores aos 18 anos, através de uma empresa de mobiliário e eletrodomésticos que o meu pai, na altura, instalou cá e que fiquei à frente durante uns 20 anos. Depois montei esta empresa com o meu cunhado, Luís Mota, em 2002, portanto, o meu percurso foi sempre como empresário, toda a vida.

Como surgiu a Coldwell Banker?
Recebemos um convite da Coldwell Banker para participarmos neste projeto. A Coldwell Banker é uma empresa americana, a imobiliária mais antiga do mundo, fundada em 1906 após o terramoto de São Francisco. Em Portugal, foi trazida em 2018 pelo CEO Frederico Abecassis. Assinamos o contrato há dois anos, em 2022, e adaptamos a nossa marca anterior, HouseLife, para Coldwell Banker | Houselife. Decidimos aceitar o projeto devido à ligação que os Açoreanos têm com aos Estados Unidos e Canadá, bem como à forte procura de americanos que desejam residir em Portugal. Desde a nossa abertura, temos estado em crescimento constante.

Qual a vossa dinâmica enquanto equipa?
Trabalhamos muito em equipa. O nosso trabalho é simples: os nossos consultores são trabalhadores independentes, que estão ligados à nossa marca, em exclusividade, e têm todo o backoffice à sua disposição. Temos uma diretora comercial, que trabalha diretamente com todos os consultores, apoia-os em tudo o que é necessário.
Estamos sempre à procura de novos consultores com espírito jovem, temos uma equipa sólida.

Há algum segmento no ramo imobiliário em que estejam mais focados?
Estamos no mercado regular. Não estamos com uma imagem de luxury ainda, mas estamos a caminho disso, porque temos de cumprir uma série de requisitos. Consideramos que os Açores têm vindo a regular-se, em parte, devido à procura estrangeira entre o médio e o médio-alto, por isso estamos no mercado regular e estamos muito bem.

O que vos diferencia da concorrência?
Temos recebido prémios de crescimento. Estamos todos na mesma batalha, mas o que nos distingue é que só trabalhamos em exclusividade. Esta é uma caraterística fundamental da nossa marca em todo o mundo. Por exemplo, já fizemos vendas para imigrantes e estrangeiros em colaboração com as lojas da nossa rede. Quando as lojas da Coldwell Banker colaboram com a nossa, já sabem as comissões e as condições de exclusividade com as quais trabalhamos, porque partilhamos também as nossas condições que estão definidas nas nossas brochuras e nos contratos. Quando recebemos um imóvel, criamos um plano de marketing detalhado, incluindo fotografia profissional, entre outras coisas, para promover o imóvel da melhor forma possível. Além disso, temos um plano de acompanhamento regular, fornecendo atualizações sobre o progresso e sugestões para melhorias, pois o nosso objetivo é concretizar a venda rapidamente e ao preço de mercado.

Quais são as vossas metas a longo prazo?
As metas a longo prazo são de crescimento e estabilidade para com quem trabalha connosco. Sem novos empreendimentos, os preços das casas usadas permanecem altos, muitas vezes equiparados aos das novas. A construção atual é mais dispendiosa devido a regulamentações mais rígidas, o que inflaciona o mercado de imóveis antigos. A solução passa pela construção de novas habitações e expansão das áreas urbanas, algo que requer abertura do Governo.

E quanto ao futuro?
Temos grande procura por parte de estrangeiros e dos locais, temos vários empreendimentos em venda exclusiva, com destaque para o Edifício Varandas do Jardim, junto ao jardim António Borges, Loteamento Bairro do Loreto, loteamento Parque Urbano e Loteamento Terras de Dentro na Lagoa, todos em regime de exclusivo. Acreditamos que será um bom ano.

Conteúdo patrocinado
Coldwell Banker Houselife

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA ImageAlterar Imagem