Log in

Cirurgia cardíaca nos Açores a partir de outubro

© DL
pub

O hospital da CUF Açores, na Lagoa, vai disponibilizar, a partir de outubro próximo, a especialidade de cirurgia cardíaca, opção que irá permitir diminuir o número de doentes que têm de se deslocar ao continente português ou à Madeira para serem operados.

Esta novidade foi tornada pública por José Manuel Bolieiro, presidente do governo dos Açores que marcou presença na sessão solene de apresentação do hospital CUF Açores, realizada esta manhã, na Lagoa.

“Quero deixar para todos uma solução: nós, hoje, na capacidade instalada no serviço regional de Saúde, não temos oportunidade de garantir a cirurgia cardíaca sem deslocação dos doentes ao continente ou à Madeira. A CUF Açores vai-nos garantir a cirurgia cardíaca, pelo que o doente não terá mais necessidade de se deslocar”, anunciou.

José Manuel Bolieiro adiantou que “até outubro já teremos esta oferta organizada” mostrando-se convicto de que esta é uma “novidade que tranquiliza doentes, pessoas, famílias e os próprios profissionais de saúde que, querendo o melhor para os doentes, também se sentem mais fortalecidos na missão de servir as pessoas e a comunidade”.

A CUF, recorde-se, adquiriu em março de 2023 o hospital internacional dos Açores. A rede CUF, composta por 24 hospitais e clínicas, localizados em Portugal continental e, agora, nos Açores, reforça a oferta de cuidados diferenciados na região.

avatar-2

Diário da Lagoa

Os leitores são a força do nosso jornal

Subscreva, participe e apoie o Diário da Lagoa. Ao valorizar o nosso trabalho está a ajudar-nos a marcar a diferença, através do jornalismo de proximidade. Assim levamos até si as notícias que contam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *