Casa a Cultura recebe nova sessão de promoção da cidadania e educação política

Decorreu, na Casa da Cultura Carlos César, a quarta sessão de Promoção para a Cidadania e Educação Política, desta feita com a presença de Augusto Cymbron. Licenciado em História, é atualmente Vice-Presidente do CDS-PP, nos Açores. O convidado dedicou a sua intervenção, subordinada ao tema “O CDS e a Democracia Cristã”, a alunos do 11.º ano, da área de animação sociocultural, da Escola Secundária de Lagoa.

A presidente da autarquia, que assume como essencial o contributo da autarquia na educação não-formal dos jovens lagoenses, fez questão de marcar presença nesta sessão, manifestando a sua imensa alegria por ver este ciclo de sessões de promoção para a Cidadania e Educação Política continuarem a ser desenvolvidas, à semelhança do ano transato. Para a edil lagoense “Esta é uma iniciativa que permite aos nossos alunos criar espírito crítico, e enriquecer os vários quadrantes da nossa vida não só política mas também noutras áreas”. A Presidente da Câmara fez votos que “estas sessões contribuam para que, no futuro, estes jovens sejam mais participativos, que tenham as suas convicções, as suas ideologias e que sejam, sem dúvida, jovens promissores e defensores daquilo que queremos que é o desenvolvimento do nosso concelho de Lagoa.” realçou. Depois de um agradecimento especial ao convidado por ter aceitado integrar este projeto estruturante da Câmara Municipal, Cristina Calisto passou a palavra a Augusto Cymbron.

Augusto Cymbron iniciou a sua intervenção fazendo uma referência histórica ao partido e aos fundadores do Centro Democrático Social (CDS) – figuras marcantes da história política portuguesa como Freitas do Amaral, Amaro da Costa, Lucas Pires e Adriano Moreira considerando este último “um homem de uma envergadura intelectual extraordinária”. Para o convidado, o CDS e a Democracia Cristã funcionam como um agente estruturante na formação de uma sociedade que se quer assente nos nossos melhores valores democráticos e humanistas e que correspondam, desta forma, aos anseios de todos os portugueses. Das correntes “Humanismo” e “Personalismo”, passando pela defesa da Economia Social de Mercado e o entendimento que faz da propriedade privada segundo os ensinamentos da Doutrina Social da igreja, Augusto Cymbron possibilitou a abertura a um amplo e salutar debate entre todos os intervenientes que marcaram presença nesta distinta sessão.

A entrar na reta final deste ano letivo, as Sessões de Promoção para a Cidadania e Educação Politica têm final marcado para dia 6 de junho, cumprindo, de forma marcante, o propósito da edilidade na formação e sensibilização dos jovens lagoenses na vertente da pluralidade política.

DL/CML

Categorias: Local

Deixe o seu comentário