Câmara atribui 225 mil euros a associações ligadas ao desporto e a atletas individuais do concelho

O Presidente da Câmara de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro, assinou, esta quarta-feira, dia 31 de maio, com 92 associações ligadas ao desporto e atletas individuais, os já habituais protocolos de apoio financeiro, que, este ano, tiveram um aumento de 11% relativamente a 2016.

Este ano, o valor atribuído foi de 225 mil euros, enquanto em 2016 os apoios foram de 202 mil euros. No último ano, foram aprovadas 87 candidaturas , contra as 92 de 2017.

José Manuel Bolieiro, que fez questão de sublinhar que a verba agora atribuída tem em em conta o Regulamento Municipal de Apoio ao Desporto e à Atividade Física e Recreativa, em vigor desde o início de 2013, e visa a realização de atividades desportivas que promovam o concelho.

Ainda segundo o Presidente da Câmara, esses apoios não discriminam nenhuma atividade desportiva e são direcionados para o desporto regular, escolar e adaptado.

Segundo uma nota enviada à nossa redação, neste mandato, e até ao momento, a Autarquia já atribuiu um total de 1,5 milhões de euros de apoio ao desporto, sendo que 1 milhão de euros advêm dos protocolos anuais e 500 mil euros foram destinados às atividades realizadas pelos clubes e associações.

Segundo o Presidente, foram admitidas cinco novas entidades, no âmbito das candidaturas ao Regulamento do Desporto, sete ligadas ao desporto adaptado (desporto como forma de inclusão social) e 11 ligadas ao desporto escolar.

Paralelamente a estes protocolos, a Autarquia também apoia, em termos logísticos, várias iniciativas realizadas pelos clubes e associações, bem como os custos da manutenção das diversas infraestruturas municipais.

A anteceder a assinatura dos protocolos, que teve tradução para a Língua Gestual Portuguesa, o Presidente da Câmara elogiou o trabalho de todos os dirigentes que se deslocaram ao Salão Nobre dos Paços do Concelho para assinar os protocolos de apoio financeiro, afirmando que, sem estes, não havia desporto, além do que os mesmos “dão tudo, sem pensarem em si”.

Saliente-se que o regulamento acima referido foi criado com o objetivo de introduzir regras mais transparentes e universais na relação entre a autarquia e as entidades, com particular destaque para a “previsibilidade da gestão, racionalidade dos recursos disponíveis e parâmetros quantitativos e qualitativos reconhecidos”.

O Município presidido por José Manuel Bolieiro nunca deixou de apoiar a prática da atividade física, recreativa e desportiva promovida por entidades de reconhecida qualidade e interesse para o concelho.

No entanto, o executivo entendeu avançar com o regulamento por forma a “assegurar com maior eficácia e transparência a atribuição de apoios por parte da Câmara de Ponta Delgada às entidades sediadas no concelho”.

O regulamento impõe regras e prioridades que a autarquia considera indispensáveis para a obtenção dos referidos apoios.

DL/CMPD

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário