“Cabouco 100 Limites” continua este fim de semana

A segunda edição do “Cabouco 100 Limites” tem a sua continuidade já este fim de semana, um evento que tem a organização da Associação Cultural Amigos de São Martinho, e que conta com o apoio do Clube Açoriano de Todo o Terreno (CATT), da Câmara Municipal de Lagoa e da Junta de Freguesia do Cabouco.

A decorrer na zona da Malaca de Cima, Cabouco, a edição de 2019 teve o seu início dia 19 de maio, com provas de motas de enduro, enduro sprint, 4×4 mini raid, quad motos e quad trophy.

Este sábado e domingo, dias 1 e 2 de junho, terão lugar atividades direcionadas aos mais novos, celebrando assim o Dia da Criança, a 1 de junho.

Neste dia, da parte da manhã, realizar-se-á uma prova de corta-mato pelo Clube Desportivo Operário de Lagoa (CDOL), que terminará com a entrega de troféus e da tarde decorrerá a festa da espuma infantil, em colaboração dos Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada e Lagoa, onde não faltarão os pula-pulas, demonstrações de karaté, parapente, futebol feminino, um encontro das escolinhas de BTT de São Miguel e um peddypaper.  

No dia 2 de junho, entre as 9h00 e as 12h00, realizar-se-á a prova XCE Bispo Bike assim como a descida 100 limites, uma prova de criatividade e outra de velocidade, que terminará com a entrega de prémios.

Para o vereador da Câmara Municipal de Lagoa, Nelson Santos, a promoção de atividade física e de hábitos de vida saudáveis têm sido uma prioridade, não pela busca de resultados, não pela competição, mas pelo fomento e introdução de hábitos saudáveis.

Segundo adiantou, na apresentação do evento, “esta é uma luta pessoal, numa altura onde existem as novas facilidades junto das tecnologias, que traz um sedentarismo enorme, e o seu uso extremo tem tido algumas consequências ao nível da saúde, que é preciso combater”.

Para Nelson Santos, o “Cabouco 100 limites” é exemplo dessa panóplia na prática desportiva, havendo espaço para viárias modalidades.

Por seu turno, o presidente da Junta de Freguesia do Cabouco realça a realização desta 2ª edição, destacando que “tudo o que é para valorizar a freguesia é bem vindo”.

Adriano Costa diz sentir-se satisfeito ao olhar para a freguesia e para as suas atividades, recordando que a freguesia está no mapa, o que não acontecia há alguns anos atrás.

Adriano Costa assume que “com as atividades das associações e dos movimentos que existem na freguesia, o Cabouco tem tido uma projeção diferente”, seja com o ‘Cabouco 100 Limites’, como outras iniciativas que decorrem ao longo do ano na freguesia, como o caso do “Festival de Sopas”, o ‘Torneio de Futsal’, o ‘Cabouco Land’, a ‘Feira Gastronómica de São Martinho’, entre outros, “atividades que vão promovendo o nome da freguesia”, realçou.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário