Bombeiros exigem demissão da atual direção

quartel-bombeiros-PDL

Os bombeiros de Ponta Delgada e Lagoa exigiram hoje a demissão da atual direção.

Os homens da paz mostram-se descontentes com a atitude do presidente da direção da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Ponta Delgada e Lagoa, a quem apontam o dedo por ter atitudes menos corretas para com os bombeiros.

Segundo Teresa Ferreira, porta-voz dos homens da paz em protesto, bombeira voluntária, existe um clima de medo no quartel,  e lamentam o que dizem ser a forma abusiva do exercício do poder e temperamento agressivo manifestado pelo presidente da direção.

Cerca de meia centena de bombeiros voluntários e assalariados manifestaram-se em frente ao quartel de bombeiros, ao início da tarde de hoje, e anunciaram que não irão realizar as atividades programadas durante o dia de hoje, à exceção de situações de socorro urgentes, sendo que a situação foi transmitida ao presidente do Serviço Regional de Protecção Civil e Bombeiros dos Açores.

Com esta tomada de posição, a assistência do socorro à população de Ponta Delgada e Lagoa poderá estar em causa, por falta de bombeiros, e admitem assim continuar enquanto o presidente da direção não se demitir do cargo.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário