Avança concurso público de conceção para requalificação do norte da Baía de Santa Cruz

© CML

O executivo da Câmara Municipal de Lagoa, nomeadamente, a presidente Cristina Calisto e o vice-presidente Frederico Sousa, reuniu com o presidente do Conselho Diretivo Regional da Ordem dos Arquitetos dos Açores, arquiteto Nuno Costa. O anúncio foi feito hoje, 15 de fevereiro, pela autarquia lagoense, em nota de imprensa enviada às redações.

A reunião surge no âmbito de uma parceria entre a autarquia e a Ordem dos Arquitetos dos Açores. Está a ser preparado um concurso público de conceção do projeto para a requalificação da zona que corresponde à terceira fase de intervenção da Baía de Santa Cruz.

De acordo com as informações avançadas, o processo prossupõe uma apresentação prévia à população do programa sujeito a concurso, sendo que “esta metodologia que a Câmara da Lagoa adotou, procura responder a uma forma mais democrática de intervenção, colocando, igualmente, a população a pensar e a dar a sua opinião sobre esta intervenção numa zona de enorme potencial ambiental e paisagístico”, sublinha a autarquia.

A Câmara Municipal, avança que “entregou à Ordem dos Arquitetos um Memorando com alguns pressupostos, com o objetivo de definir o programa para o projeto de requalificação da Zona Norte da Baía de Santa Cruz, ficando agora a Ordem dos Arquitetos, em articulação com a Câmara Municipal, responsável pela assessoria técnica e elaboração dos procedimentos necessários ao concurso de conceção”.

O objetivo da intervenção, numa área de cerca de 15.000 m2, passa pela criação de novas zonas de lazer com uma preocupação de sustentabilidade ambiental, salvaguardando aspetos naturais e preservando a identidade local, através de soluções com baixo impacto ambiental e uma linguagem arquitetónica orgânica.

No Memorando consta “a preocupação da edilidade no que diz respeito às acessibilidades, nomeadamente as que já existem e as que terão que existir no futuro, mais precisamente em termos de mobilidade suave, tanto de ciclovia como pedonal”.

A requalificação da zona norte da Baía irá integrar o projeto já realizado na zona sul da Avenida do Mar. 

A zona balnear da Baía de Santa Cruz, a sul da Avenida do Mar, foi alvo de uma requalificação urbana, em 2021 e que está prevista a criação de uma estrutura de apoio à zona balnear, cujo concurso público para a empreitada será lançado aquando da aprovação da candidatura já efetuada a Fundos Comunitários, intervenção essa que corresponde à segunda fase desta requalificação e que será implantada, ainda, na zona sul da Baía.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário