Autoridade Marítima alerta para vento e ondas até 12 metros no grupo Ocidental dos Açores

© D.R.

A Autoridade Marítima Nacional e a Marinha alertaram  hoje para o agravamento das condições meteorológicas e de agitação marítima nos Açores, em particular no grupo Ocidental, onde as ondas podem chegar a uma “altura máxima de 12 metros”.

“A previsão do vento e do estado do mar indica um agravamento considerável das condições meteorológicas e de agitação marítima, com especial incidência no grupo Ocidental do Arquipélago dos Açores [ilhas do Corvo e Flores], entre as 06h00 de sábado e as 06h00 de segunda-feira”, refere a Autoridade Marítima em comunicado.

Aquela entidade acrescenta que “a agitação marítima será caraterizada por ondulação proveniente do quadrante Oeste-Noroeste, com altura significativa de sete metros, podendo a altura máxima atingir os 12 metros, com período médio de 16 segundos”.

A previsão do vento “aponta para uma intensidade média superior a 65 quilómetros por hora, podendo ocorrer rajadas superiores a 110 quilómetros por hora provenientes do Norte”.

“Assim, a Autoridade Marítima Nacional e a Marinha recomendam a toda a comunidade marítima e à população em geral um estado de vigilância permanente no mar e nas zonas costeiras, e alertam que os cuidados devem ser redobrados, tanto na preparação de uma ida para o mar, como quando estão no mar ou em zonas costeiras”, indicam.

Recomenda-se, também, “reforçar a amarração e manter uma vigilância apertada das embarcações atracadas e fundeadas”,

“Evitar passeios junto ao mar, de onde se destacam os molhes de proteção dos portos” e “junto à orla costeira, nas arribas e nas praias, bem como a prática de atividades lúdicas nas zonas expostas à agitação marítima”, são outras das indicações das autoridades.

Por outro lado, “desaconselha-se vivamente a pesca lúdica, em especial junto às falésias e zonas de arriba nas frentes costeiras atingidas pela rebentação das ondas”.

“Nestas condições, o mar pode facilmente alcançar zonas aparentemente seguras”, alertam.

O Instituto Português do Mar e Atmosfera (IPMA) emitiu hoje avisos amarelos para os grupos Oriental e Central dos Açores devido à possibilidade de chuva forte e, no caso do grupo Ocidental, por causa da agitação marítima.

Para o grupo Central (ilhas Terceira, São Jorge, Pico, Graciosa e Faial) o aviso amarelo, referente a precipitação forte, que pode ser acompanhada por trovoada, foi ativado às 17h00 locais«, até às 14h00 de sábado.

Para o grupo Oriental (São Miguel e Santa Maria), o aviso amarelo por causa da chuva forte e trovoada estará ativo entre as 17h00 de sábado e as 14h00 de domingo.

No grupo Ocidental (Flores e Corvo), o aviso amarelo deve-se às previsões de agitação marítima, entre as 23h00 de hoje e até às 23h00 de sábado, com previsões de ondas de oeste, passando a noroeste, que podem chegar aos seis metros, de acordo com o IPMA.

A meteorologista da delegação dos Açores do IPMA Rita Mota explicou à agência Lusa que esta situação meteorológica se deve “à passagem de uma superfície frontal fria com ondulações e com atividade moderada a forte”.

O aviso amarelo (o menos grave de uma escala de três) é emitido pelo IPMA sempre que existe uma situação de risco para determinadas atividades dependentes da situação meteorológica.

Lusa/ DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário