Autarquia realça papel do Clube de Geocaching da Escola Secundária de Lagoa

A Escola Secundária de Lagoa é, deste esta quinta-feira, dia 27 de fevereiro, a sede do projeto GeoTour Azores, criado pelo Governo Regional dos Açores, através da Direção Regional do Turismo. O desafio ligado ao geochaching consiste em fazer com que cada participante consiga conhecer o maior número de ilhas através da ativa procura das geocaches indicadas pelo projeto.

A Câmara Municipal de Lagoa, através da vereadora Albertina Oliveira, realçou o importante papel do clube de Geocaching da Escola Secundária de Lagoa, sendo atualmente o clube escolar com maior número de inscritos, contando com cerca de 102 alunos de vários cursos, como o curso Técnico de Turismo Ambiental e Rural e o curso Técnico Profissional de Gestão Ambiental. No total, os alunos já construíram 15 caches que cumprem os requisitos da organização mundial ligada a esta atividade, e que se encontram atualmente espalhadas pelo concelho.

“É importante salientar que este Clube tem procurado utilizar o geocaching como ferramenta metodológica para o desenvolvimento de novas práticas pedagógicas, que propiciem, significativas contribuições para a facilitação do processo ensino-aprendizagem”, defendeu a vereadora na conferência do Clube de Geocaching, que aconteceu na Escola Secundária, com a presença do Presidente do Conselho Executivo, Jorge Humberto Botelho, do coordenador do Clube Escolar de Geocaching da Escola Secundária de Lagoa, o professor Luís Machado, e de dois oradores convidados, Ricardo Moura e José Serra.

De acordo com a edilidade lagoense, o Geocaching “promove a ocupação dos tempos livres dos alunos, de uma forma lúdica, que permite um desenvolvimento harmonioso da vida pessoal e escolar dos alunos e incentiva nestes o gosto pela descoberta e prazer pelo conhecimento.

Albertina Oliveira destacou, ainda, “o esforço que desenvolve na preservação da natureza, contribuindo para uma atitude mais responsável e participativa relativamente à conservação do meio”, congratulando professores e alunos.

De referir que, a Câmara Municipal de Lagoa tem sido um dos principais parceiros do clube escolar, no sentido de divulgar a cultura e a história do concelho através da ferramenta do Geocaching. Existem, caches, espalhadas pelo concelho como na zona da Expolab, Observatório Vulcanológico dos Açores, na Casa do Romeiro, no Porto dos Carneiros, trilho da Janela do Inferno e outras sobre os bonecreiros, os secadores de tabaco e a cerâmica da Lagoa.

DL/CML

Categorias: Educação, Local

Deixe o seu comentário