Associação Jovem Lagoense propõe criação de bolsa para jovens dedicada às artes

Foto: AJL

A Associação Jovem Lagoense  (AJL) tornou público esta quarta-feira, 29 de janeiro, o seu parecer, no âmbito do seu assento no Conselho Municipal da Juventude, relativamente ao Plano e Orçamento para 2020 do Município de Lagoa, nomeadamente no que diz respeito às áreas que lhe são mais chegadas: a Educação, a Cultura, a Área Social e a Juventude.

Segundo se pode ler no respectivo parecer, “a Educação e a Cultura” são, desta feita, áreas que aquela associação de jovens lagoense entende como prioritárias para o Executivo Camarário, congratulando o mesmo, principalmente pela aposta num “maior enfoque na «criação de massa crítica e de consciência cívica» na comunidade”.

A AJL propõe a “criação de uma Bolsa de Criatividade no Âmbito das Artes Para Jovens, de iniciativa municipal, sendo esta, como indica o nome, uma Bolsa monetária que visa premiar a criatividade dos jovens no campo artístico. Mediante submissão, em tempo útil, no campo das artes, de um projecto, o vencedor ou a vencedora do projecto de maior mérito, criatividade e valor seria premiado com uma Bolsa monetária, de valor a definir, para impulsionamento e desenvolvimento sustentado, ao longo do tempo, da sua actividade artística”, escreve a associação.

“Depois, há a congratular a autarquia pelo trabalho que tem vindo a desenvolver em cooperação com as escolas do concelho”, entende a AJL, acrescentando que “importante também se assume, do nosso ponto de vista, as parcerias com a Unesco, com as escolas e com os agentes culturais; a Educação permanente, numa contribuição para a literacia, formação e empregabilidade da comunidade ou a educação para a saúde e segurança rodoviária, prioridades da Câmara Municipal de Lagoa”.

A Associação Jovem Lagoense também destaca, podemos ler, o trabalho do Executivo no incentivo “à «produção cultural, realizada através dos movimentos associativos do concelho»”, sendo que aquela associação, deste modo, “congratula, novamente, a Câmara pelo facto de ter como principais objectivos para 2020 a dinamização do Cine-Teatro Francisco Amaral d’Almeida ou o apoio a colectividades e associações, sempre tão importante”.

Já nas áreas do Apoio Social e ao Cidadão e da Juventude, a associação liderada por Jacinta Carreiro entende “em louvar a Câmara que, a título de exemplo, prossegue uma política de luta contra a pobreza e exclusão social clara”, bem como, para a Juventude, “entendeu implementar um Cartão Jovem Municipal, num gesto de clara aposta na Juventude do concelho de Lagoa”.

DL/AJL

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário