Assembleia Municipal aprova manutenção da Derrama para 2015

Assembleia-Municipal-Cabouco-out14

A Assembleia Municipal de Lagoa aprovou por maioria, com 7 votos contra, 6 dos quais do PSD e 1 do CDS-PP a manutenção do valor de Derrama para 2015, na cidade de Lagoa.

A aprovação foi feita no passado dia 30 de setembro, em reunião ordinária da Assembleia Municipal.

Para o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, João Ponte, a proposta agora aprovada é no sentido de manter o valor que já vinha sendo aplicado, em coerência no passado.

Segundo João Ponte, “o Poder Local não vive um momento que permita a isenção de taxas, nem a abdicação de receita, pois, cada vez que o Governo da República tem oportunidade, retira receita ou aumenta a despesa das Autarquias Locais.”

Apesar das dificuldades que, atualmente, as empresas atravessam, a Câmara Municipal de Lagoa, entende que é uma receita de que não se deverá abdicar, uma vez que, a mesma serve para reinvestir no Concelho.

João Ponte refere o caso do IMT, como uma situação muito preocupante, que ano após ano tem vindo a diminuir, sendo que em relação a 2013, a 30 de setembro de 2014, a perda de receita neste imposto foi de 164 mil euros, “por isso não podemos, nem devemos reduzir receitas próprias”, defende o autarca lagoense.

Para além disso, o Presidente da Câmara Municipal de Lagoa, lembra que “temos à porta o próximo quadro comunitário de apoio e o município precisa de ter receitas próprias para financiar a parte que lhe cabe nos investimentos. O valor da derrama que iremos cobrar em 2015, que se estima em 80.000,00 € dará para comparticipar um investimento público de 500 mil euros”.

DL/CML

Categorias: Local