Hotelaria regista 160,6 mil dormidas em julho

Overview

turismo-dormidas-proveitos-variação-julho14

Na Região Autónoma dos Açores, no mês de julho, os estabelecimentos hoteleiros registaram 160,6 mil dormidas, representando um decréscimo homólogo de 4,8%. 

Os proveitos totais atingiram 7,2 milhões de euros e os de aposento 5,6 milhões, correspondendo a variações homólogas, respetivamente de, -2,5% e -1,6%. 

Dados do Serviço Regional de Estatística dos Açores (SREA) indicam que, de janeiro a julho de 2014, nos estabelecimentos hoteleiros da Região Autónoma dos Açores (hotéis, hotéis-apartamentos, apartamentos turísticos, pousadas e pensões) registaram-se 574,8 mil dormidas, valor inferior em 0,6% ao registado em igual período de 2013. 

De janeiro a julho, os residentes em Portugal atingiram cerca de 229,5 mil dormidas, correspondendo a um acréscimo homólogo de 8,6%; os residentes no estrangeiro atingiram 345,3 mil dormidas, registando uma diminuição em termos homólogos de 5,9%. 

Neste período registaram-se 191,1 mil hóspedes, apresentando uma taxa de variação positiva de 1,9% relativamente ao mesmo período de 2013. No país, apresentaram uma variação de 11,6%. 

As dormidas dos residentes em Portugal aumentaram 6,2% no mês de julho relativamente ao mês homólogo e aumentaram 8,6% de janeiro a julho, comparativamente a igual período de 2013. As dormidas dos residentes no estrangeiro registaram uma diminuição de 8,4% no mês de julho e uma diminuição de 5,9% em termos acumulados. No país, em julho, as dormidas registaram um aumento em termos homólogos de 9,4% e de janeiro a julho um aumento de 10,8%, refere o SREA.

De janeiro a julho, os residentes em Portugal atingiram cerca de 229,5 mil dormidas (39,9% do total) e os residentes no estrangeiro 345,3 mil (60,1% do total). O mercado alemão concentrou 14,3% do total das dormidas, com cerca de 82,2 milhares; representando por outro lado 23,8% das dormidas dos não residentes em Portugal, tendo registado uma variação homóloga acumulada de 1,9%. De janeiro a julho o mercado nórdico representou 9,7% das dormidas totais e 16,2% das dormidas dos não residentes, apresentando uma variação homóloga acumulada de -31,6%. 

Ainda segundo os mesmos dados do SREA, em termos de variações homólogas acumuladas, de janeiro a julho as ilhas que apresentaram variações homólogas positivas foram as da Graciosa, de Santa Maria, do Corvo, de São Jorge e das Flores, respetivamente com, 19,9%, 17,2%, 10,5%, 7,7% e 3,6%. 

As ilhas que apresentaram variações homólogas negativas foram as do Pico, do Faial, de São Miguel e da Terceira, respetivamente com, 8,3%, 2,8%, 0,9% e 0,6%. 

A ilha de S. Miguel com 392,9 mil dormidas concentrou 68,4% do total das dormidas, seguindo-se a Terceira com 81,1 mil dormidas (14,1%) e o Faial com 43,3 mil dormidas (7,5%). 

Em julho, a taxa de ocupação-cama atingiu 58,8%, valor inferior em 3,7 p.p. em relação ao mês homólogo do ano anterior. A taxa de ocupação-cama no país atingiu 60,0%. 

A taxa de ocupação-quarto no mês de julho atingiu 64,3%, indicam os dados do SREA.

DL/SREA

Categorias: Regional