Núcleo Museológico de Arte Sacra e Etnografia da Ribeira Chã com nova exposição

Overview

Foto: CML

A Câmara Municipal de Lagoa irá inaugurar a nova museografia do Núcleo Museológico de Arte Sacra e Etnografia da freguesia da Ribeira Chã, no próximo dia 16 de junho, pelas 14h00. 

O Núcleo de Arte Sacra e Etnografia, foi fundado no século XX, na década de 80 pelo padre João Caetano Flores, que foi, recentemente, homenageado pela autarquia lagoense com uma exposição temporária, que esteve patente na Casa da Cultura Carlos César.

A nova museografia, localiza-se no piso superior da sede do Centro Social e Paroquial da Ribeira Chã e irá contemplar, precisamente, uma área em que estará patente, com caráter permanente, uma exposição dedicada ao padre João Caetano Flores. A intenção é homenagear e perpetuar a memória do fundador dos núcleos museológicos da Ribeira Chã, em reconhecimento ao facto de ter dedicado, toda a sua vida, à elevação cultural da freguesia onde apostolou.

A exposição de longa duração integra ainda mais duas temáticas. Uma delas tem como tema a Arte Sacra, destacando-se a reconstituição do altar da antiga igreja de São José da Ribeira Chã, onde se expõem variadas peças de arte sacra desse templo, aspetos que a anterior exposição já continha e que agora foram atualizados. A outra centra-se na Etnografia, expondo trajes tradicionais, figuras cerâmicas concebidas por Luís da Luz Gouveia, e a evocação da antiga escola da freguesia.

Com a intenção de garantir maior acessibilidade, esta intervenção disponibiliza no piso térreo um documentário que permite a realização de uma visita virtual.

Recorde-se que, através da assinatura do protocolo com a paróquia da Ribeira Chã, que se realizou recentemente, a Câmara Municipal de Lagoa apoiou esta intervenção, que permitiu a integração dos núcleos museológicos da Ribeira Chã no Museu de Lagoa-Açores, instituição que fica assim representada nas cinco freguesias do concelho.

DL/CML

Categorias: Cultura