Ex-comandante da PSP dos Açores condenado

Overview

Foto: GaCS

De acordo com a sentença proferida esta sexta-feira, 21 de fevereiro, José Poças Correia foi condenado pelo crime de abuso de poder ficando sujeito ao pagamento de uma multa no valor de 2600€. 

À saída do tribunal e em declarações aos jornalistas, o ex-comandante da PSP mostrou-se desagradado com a sentença, sublinhando que não era “culpado da situação”, e indicando que iria “estudar um eventual recurso”.  

Em causa, está a transferência de uma agente do SINOPOL – Sindicato Nacional de Polícia do Núcleo de Apoio Geral do Comando Regional dos Açores, para a esquadra sede em Ponta Delgada, em 2016, ambas no mesmo edifício.

O Tribunal de Ponta Delgada considerou que a ação do antigo Comandante da PSP  causou prejuízo à agente e ao sindicato que ela representava. Na nota enviada pela Comarca dos Açores, o tribunal explica ter ficado provado que o superintendente teve a intenção de sancionar disciplinarmente a agente em causa. 

José Poças Correia esteve em funções nos Açores até ao ano passado. Depois disso deixou a PSP e encontra-se agora a viver no continente.

DL

Categorias: Regional