Candidaturas ao Colégio da Europa e à Bolsa ‘Medeiros Ferreira’ decorrem até 15 de janeiro

As candidaturas ao Colégio da Europa e à Bolsa de Estudo “José Medeiros Ferreira”, atribuída pelo Governo dos Açores para a frequência de cursos de pós-graduação na Bélgica ou na Polónia no ano letivo 2020/2021, estão abertas até 15 de janeiro.

Podem candidatar-se a esta bolsa os indivíduos que, tendo concorrido e sido admitidos à frequência de um curso de pós-graduação no Colégio da Europa, tenham, cumulativamente, até 30 anos (completados à data do início do curso), realizado e concluído o ensino secundário na Região e sejam residentes no arquipélago há, pelo menos, três anos.

Os candidatos devem possuir uma licenciatura e ter domínio, escrito e verbal, das línguas francesa e inglesa.

O Governo dos Açores atribui anualmente esta bolsa de estudo para a frequência de um curso de pós-graduação no Colégio da Europa, que inclui uma comparticipação nos encargos com as propinas do curso (que incluem alojamento e alimentação) e uma viagem de ida e volta entre a residência do aluno, nos Açores, e o local do curso.

Com este programa, o Executivo pretende qualificar os jovens Açorianos para as questões europeias com uma formação de alto nível, proporcionando-lhes esta oportunidade em termos de aquisição de competências e de empregabilidade numa altura em que se procuram cada vez mais profissionais com conhecimentos efetivos e aprofundados em assuntos europeus, fomentando, desta forma, a formação de quadros da Região especializados em assuntos relativos à União Europeia.

Por outro lado, o programa também pretende homenagear o historiador e político açoriano José Medeiros Ferreira, falecido em 2014, que, na qualidade de Ministro dos Negócios Estrangeiros, preparou e formalizou o pedido de adesão de Portugal à então denominada Comunidades Económica Europeia.  

A atribuição da Bolsa de Estudo “José Medeiros Ferreira” é decidida após a admissão dos candidatos dos Açores ao Colégio da Europa, pelo que estes devem ter concorrido e ser admitidos à frequência de um curso de pós-graduação nas áreas de Direito, Economia, Política e Administração, Relações Internacionais e Diplomáticas e Estudos Europeus Interdisciplinares para se habilitarem a esta bolsa.

No ano letivo 2019/2020, a Bolsa foi atribuída a André Mendes, licenciado em Ciência Política, com especialização em Políticas Públicas pelo ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa, que se encontra a frequentar o curso de pós-graduação em Relações Internacionais e Diplomáticas, no ‘campus’ de Bruges, na Bélgica.

Este foi o sétimo bolseiro do Executivo regional a frequentar o Colégio da Europa e o quinto bolseiro a ser contemplado por este programa de bolsas.

O Colégio da Europa é uma instituição de ensino privado, fundada em 1949, com reconhecido prestígio internacional e grandes tradições no estudo, análise e discussão de assuntos europeus, que acolhe anualmente, em Bruges e em Natolin, mais de 400 alunos de pós-graduação.

Todas as informações sobre o Colégio da Europa, bem como os formulários de candidatura, encontram-se disponíveis na página do Colégio da Europa na Internet, em www.coleurope.eu, e sobre a Bolsa “José Medeiros Ferreira” no Portal do Governo, em http://www.azores.gov.pt/Portal/pt/entidades/srapre/textoImagem/Programa+de+bolsas+de+estudo.htm.

DL/Gacs

Categorias: Educação