Governo dos Açores anuncia duplicação do investimento na formação e qualificação de ativos empregados 

Segundo o Vice-Presidente do Governo, a formação e qualificação de ativos empregados representa uma “nova prioridade” no âmbito das novas políticas do Governo Regional, em termos de formação profissional e anunciou a duplicação do investimento para a formação e qualificação de ativos em 2019 e 2020.

Sérgio Ávila, que falava no final de uma visita à Escola de Formação Turística e Hoteleira, referiu que o emprego tem registado uma “evolução muito positiva”, considerando que “importa agora canalizar mais recursos para a formação daqueles que, estando a trabalhar, carecem de maior qualificação, de melhor qualificação, para corresponderem às necessidades e competitividade da nossa economia”.

“Neste contexto, o Governo aprovou já um conjunto bastante vasto de 435 ações de formação, que abrangem 6.371 Açorianos e que correspondem a um investimento de 1,6 milhões de euros que permitirá formar e qualificar 6.371 Açorianos que estão neste momento empregados”, salientou Sérgio Ávila.

Segundo o Vice-Presidente, este esforço de formação corresponde às áreas consideradas mais carenciadas, “nomeadamente línguas estrangeiras e turismo, com 217 ações, construção civil, agropecuária e indústrias transformadoras alimentares”.

Para além de evidenciar a aposta do Governo Regional na formação e qualificação dos Açorianos, de forma a que possam corresponder às novas exigências do mercado, Sérgio Ávila anunciou um período para apresentação de candidaturas até 31 de outubro.

Este novo período para apresentação de candidaturas vai possibilitar que, “num curto espaço de tempo, cerca de 12.300 Açorianos empregados tenham novas qualificações”, num investimento superior a 3,1 milhões de euros no período de 2019 – 2020.

Nesta visita à Escola de Formação Turística e Hoteleira, onde decorre uma formação de preparação e confeção de peixes e marisco, abrangendo 16 formandos de 12 entidades dos Açores, o Vice-Presidente lembrou ainda que este ano já foram realizadas 20 ações de formação, ao abrigo da formação de empregados na área do turismo, “correspondendo igualmente à concretização de uma prioridade que anunciamos e à necessidade identificada pelas nossas empresas”.

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*