ASDEPR/ Cabo Verde – Semear, Colher e Vender

Overview

De 16 a 20 de setembro, a Asdepr desloca-se a Cabo Verde para implementar o projeto Semear, Colher e Vender, de cooperação transnacional na área da agricultura, em parceria com entidades públicas e privadas.

O presidente da ASDEPR, Carlos Ávila, e o coordenador do projeto, Fernando Sousa, estão na ilha de Santiago para realizar reuniões preparatórias com o governo cabo-verdiano, de forma a definir uma estratégia capaz de transformar uma agricultura familiar, de difícil subsistência, devido à seca e ao relevo muito específico daquele território, numa agricultura de futuro e de rendimento sustentável.

O projeto coordenado pela ASDEPR tem como parceiros a Associação Regional para o Desenvolvimento (ARDE) e a Associação Agrícola de São Miguel. A Cooperação com Cabo Verde conta, ainda, naquele território, com contributo da Associação Comercial, Agrícola, Industrial e de Serviços de Santiago, ACAISA, e com o Ministério da Agricultura e Ambiente de Cabo Verde.

Este projeto, pensado para o pequeno agricultor, contempla a produção agrícola em estufas, assim como maquinaria própria e adaptada às necessidades específicas do solo. Serão, ainda, ministradas ações de formação, de forma a alargar horizontes e a integrar, numa realidade turística e comum a ambas as regiões macaronésicas, a participação valiosa dos agricultores locais.

Para além de uma partilha de conhecimentos, o projeto vai viabilizar, numa segunda fase, circuitos comerciais, com o estímulo à importação/exportação de produtos da economia dos Açores e de Cabo Verde, contribuindo para uma diplomacia económica e uma ação sociocultural, com vantagens mútuas.

O projeto será implementado ao abrigo da submedida 19.3 – Elaboração e implementação de Atividades de cooperação da ação local, da Medida 19 – Apoio ao desenvolvimento local de base comunitária (DLBC) LEADER, do Programa de Desenvolvimento Rural da Região Autónoma dos Açores 2014-2020 (PRORURAL +).

À margem deste projeto, a visita do presidente da ASDEPR a Cabo Verde irá também oficializar o cumprimento de uma promessa que remonta ao ano de 2000, quando Carlos Ávila presidia à Câmara Municipal da Povoação e geminou o seu concelho com o Tarrafal, na ilha de Santiago. À data, o autarca do Tarrafal confessava a necessidade de uma ambulância para o seu território, tendo mesmo efetuado um pedido neste sentido. No entanto, a saída de Carlos Ávila da Câmara, no ano de 2001, acabou por adiar o compromisso. Entretanto, o ano passado, no âmbito de uma visita de trabalho da ASDEPR àquele território, o atual autarca do Tarrafal reiterou a necessidade já antes enunciada. Passados 20 anos e após uma série de esforços desenvolvidos por Carlos Ávila junto da Liga dos Bombeiros Portugueses, foi possível conseguir-se a doação de uma ambulância pelos bombeiros da Vila das Aves, do norte de Portugal. Desta forma, a viatura tão desejada já se encontra em Cabo Verde. O seu transporte foi financiado pela autarquia Povoacense e será entregue ao município do Tarrafal pelo presidente da Asdepr.

DL/Asderp

Categorias: Comunidades, Regional