Utentes isentos de taxas moderadoras nos cuidados primários

A Secretária Regional da Saúde revelou que “os utentes açorianos deixarão de pagar taxas moderadoras nos cuidados primários”, sendo esta taxa aplicada apenas nos serviços de urgências.

Segundo Teresa Machado Luciano, “o valor das taxas representa unicamente 0,68 por cento do orçamento para a saúde na Região, portanto não é por aí que irá faltar o valor e a receita necessários”.

A Secretária Regional, que falava depois de ser ouvida pela Comissão de Assuntos Sociais da Assembleia Legislativa, salientou que o que se pretende “é uma boa utilização da Urgência, para o que é realmente urgente”.

Questionada pelos jornalistas sobre as isenções da taxa moderadora nos serviços de urgência, Teresa Machado Luciano referiu que “existem critérios para que os utentes estejam isentos para além do critério da insuficiência económica, que representa cerca de 71 mil utentes”.

Relativamente a pagamentos em atraso nas deslocações de utentes, Teresa Machado Luciano afirmou que “os valores estão todos em dia nos três hospitais da Região, havendo apenas um valor residual, de menos de um por cento, no hospital de Ponta Delgada que será resolvido rapidamente a nível processual”.

DL/Gacs

Categorias: Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*