DRE atesta melhoria dos resultados da 1ª fase dos exames nacionais do ensino secundário

A Direção Regional da Educação, de acordo com os dados transmitidos pelo Júri Nacional de Exames, atesta a melhoria dos resultados da 1.ª fase dos exames nacionais do ensino secundário de 2019, cumprindo dois objetivos basilares do sistema educativo da Região.

Por um lado, é evidente a subida das classificações em 11 disciplinas, mais duas do que as subidas em 2018, o que denota uma evolução positiva dos resultados da avaliação externa do ensino secundário nos Açores.

Por outro lado, comparativamente a 2018, as médias regionais aproximam-se das nacionais, estreitando-se a distância entre os resultados dos alunos Açorianos e dos alunos do resto do país.

As médias dos alunos Açorianos foram superiores às de 2018 nas provas de História A, Português, Matemática A, Desenho A, Geometria Descritiva A, História e Cultura das Artes, Matemática B, Matemática Aplicada às Ciências Sociais (MACS), Economia A, História B e Literatura Portuguesa.

No entanto, houve resultados inferiores nas provas de Biologia e Geologia, Filosofia, Física e Química A, Geografia A e Latim A.

Das 16 disciplinas que foram alvo de avaliação externa, seis registaram média positiva (igual ou superior a 95 pontos), nomeadamente Português, Desenho A, Geometria Descritiva A, Economia A, História e Cultura das Artes e Literatura Portuguesa.

Comparando a média regional com a nacional, a média regional está acima da média nacional nas disciplinas de História e Cultura das Artes e Literatura Portuguesa.

As maiores diferenças entre a média regional e a média nacional, em 2019, nos resultados inferiores dos Açores, verificaram-se nas disciplinas de História B e Matemática B.

Nas restantes disciplinas, a diferença não é significativa.

Os exames nacionais do ensino secundário 2019 foram realizados nas nove ilhas do arquipélago, em 22 estabelecimentos, dos quais 21 integram a rede pública de ensino da Região Autónoma dos Açores.

No total, foram registadas 7.094 inscrições na 1.ª fase dos exames nacionais e realizadas 6.671 provas, registando-se 5,96% de faltas.

As disciplinas que registaram mais provas realizadas foram Português (1.599 provas), Biologia e Geologia (943), Matemática A (932) Física e Química A (737 provas).

No processo de classificação, foram envolvidos cerca de 220 docentes, tendo sido cumpridos todos os prazos de classificação e afixação de pautas estabelecidos.

DL/Gacs

Categorias: Educação, Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*