João Pedro de Medeiros venceu o GP Terceira

O GP Terceira terminou ao início da tarde deste domingo. A prova conheceu o seu epílogo na mítica Serra de Santa Bárbara, cuja dureza da sua subida de 8 quilómetros – com uma média superior a 10% de inclinação – acabou por ser determinante para uma prova que, realce-se, decorreu sem problemas, numa organização muito bem conseguida pela Associação Fontinhas Activa.

À entrada para a derradeira etapa tudo estava em aberto, com, quatro atletas – Lucas Mendonça, Tiago Furna, João Pedro de Medeiros e Marco Vieira – a colocarem-se como potenciais candidatos à vitória. Vieira e Medeiros saíam com o mesmo tempo, embora fosse o madeirense a partir com a camisola amarela, Tiago Furna estava a três segundos e Lucas Mendonça distava 10 segundos do líder.

Como se esperava, e depois de uma tirada em que os principais candidatos se pouparam para a subida final, a incerteza quanto ao vencedor na etapa e na Volta manteve-se até final, assistindo-se a uma subida emocionante, com momentos em que a dureza expressa no rosto de cada ciclista se confundia com a vontade que cada um tinha de vencer.

Quilómetro a quilómetro, metro a metro percebia-se que tudo se poderia decidir em cima da linha de meta. E foi o que acabou por acontecer, pese embora Lucas Mendonça a um quilómetro do final tenha tentado um ataque final, ao qual reagiram João Pedro de Medeiros e Marco Vieira.

Naquela altura, só havia uma certeza: um dos dois iria vencer. A 80 metros da chegada dá-se o momento da corrida. João Pedro de Medeiros arranca e pedala para aquela que foi a sua primeira grande vitória na estrada.

Aos 18 anos, o atleta que correu com as cores da JDL-Terauto/Bie Mais mostrou, mais uma vez, ser já uma certeza do ciclismo açorianos, confirmando uma época a todos os níveis notável, em que já conquistou a Taça de S. Miguel de XCO e mantém-se na luta pela Taça de Estrada da maior ilha açoriana, que será decidida já no próximo fim-de-semana.

Em segundo na etapa e no GP Terceira ficou Marco Vieira, do Município Porto Moniz, enquanto Lucas Mendonça fez terceiro na etapa, mas com o mesmo tempo de Tiago Furna que assim fechou o pódio da Volta.

Em Juniores, o vencedor foi Romeu Sousa, com Miguel Carvalho a triunfar entre os Cadetes Masculinos e Alice Toste a vencer nos Cadetes Femininos. Em Master Femininos, o triunfo foi para Carla Peixoto.

Desta forma, fecharam-se três dias de uma competição que, de novo, confirmou a evolução do ciclismo na Região e que deixa já saudades. Em 2020, espera-se um GP Terceira, se possível, com ainda maior número de participantes, mas acima de tudo com a mesma qualidade a todos os níveis.

DL/ACA

Categorias: Desporto, Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*