Formados mais de 190 técnicos ITED com o apoio do Governo dos Açores

A Secretária Regional dos Transportes e Obras Públicas revelou que já foram formados mais de 190 técnicos na área de telecomunicações nos Açores, prova da mais-valia da aposta do Governo dos Açores, na formação local de técnicos na área.

Na intervenção proferida na cerimónia de entrega de diplomas aos formandos do Curso de Projeto e Instalação de Infraestruturas de Telecomunicações de Edifício, a Secretária Regional destacou o apoio do Governo dos Açores a este tipo de formações, ministradas pela Associação Empresarial de Comunicações de Portugal (ACIST).

Neste âmbito, recordou que o Governo dos Açores criou, nas instalações do Laboratório Regional de Engenharia Civil, “uma sala devidamente equipada para a formação de recursos humanos nos Açores, e desde o último ano apoiou ainda financeiramente essa formação com cerca de 35 mil euros”.

Ana Cunha adiantou que assim, tem sido possível “assegurar a formação de recursos humanos, em áreas, por exemplo, como instalações e conservação de edifícios e realização de projetos”.

Neste sentido, a titular da pasta das Comunicações salientou que o Governo dos Açores tem disponibilizado as condições necessárias para que se possam concretizar formações e acreditações nos Açores, permitindo assim que “os técnicos e projetistas inscritos no arquipélago adquiram todos os requisitos necessários ao exercício das suas e competências e atribuições, em conformidade com a lei vigente”.

Ana Cunha afirmou ainda que a realização destas sessões formativas nos Açores vem ao encontro da necessidade de atualização constante dos técnicos ligados à área das comunicações, já que, pouco a pouco, vão surgindo novas obrigações e exigências legais.

A Secretária Regional referiu ainda que, durante este último ano, houve 37 inscritos e foram certificados 31 novos profissionais do setor, lembrando que a formação na Região sempre foi uma prioridade para o Governo dos Açores, assim como para a própria ACIST.

A Secretária Regional destacou ainda a importância destas formações “para termos uma Região mais preparada para enfrentar os desafios que nos vão sendo colocados, com o rigor com que esta atividade tem de cumprir o seu papel a favor das nossas populações.”

DL/Gacs

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*