Espaço saúde: Em jeito de conselho, cuide da sua saúde mental

A Organização Mundial de Saúde (OMS), define Saúde como sendo “não simplesmente a ausência de doença” mas “um estado de completo bem-estar físico, mental e social”. Esta definição reflete a importância da saúde mental. Não se trata apenas da ausência de doença, mas sim um bem-estar que nos permite responder de forma positiva às adversidades da vida. É um estado em que nos sentimos bem connosco e na relação com os outros.

Falar de saúde mental é falar da capacidade de adaptação a novas circunstâncias de vida, da capacidade de reconhecer limites e sinais de mal-estar, de ser-se capaz de superar crises e resolver perdas afetivas e conflitos emocionais,  de se ter e desenvolver sentido crítico e de realidade, criatividade e capacidade de sonhar,  de estabelecer relações construtivas com os outros, de estabelecer objetivos e ter um projeto de vida.

Neste sentido é fundamental que as pessoas adotem medidas que diminuam ou evitem o sofrimento psíquico e tudo o que lhe é inerente

Para promover a saúde mental:

Aprenda técnicas de relaxamento, há muitos vídeos disponíveis na internet.

Aceite-se a si e aos outros com as suas qualidades e defeitos.

Tenha noção dos seus limites.

Tenha consciência das suas fragilidades/vulnerabilidades.

Mantenha sentimentos positivos relativamente a si, aos outros e á vida.

Reserve tempo para lazer, tenha hobbies, diversifique os seus interesses.

Fortaleça os seus laços familiares e de amizade.

Pratique atividade física.

Tenha um sono tranquilo e reparador.

Mantenha bons hábitos alimentares.

Tenha uma boa gestão de tempo e estabeleça prioridades.

Seja assertivo.

Aceite a mudança.

Procure ajuda quando perceber sinais ou sintomas de perturbação emocional.

 Em suma há que se desenvolver resiliência emocional, esta é a capacidade de fazer frente às adversidades, transformar o sofrimento em força para superá-las e sair delas fortalecido.

Seja positivo!

Dr. João Martins de Sousa
Delegado de Saúde de Lagoa
(Artigo publicado na edição impressa de junho de 2019)

Categorias: Espaço saúde, Opinião, Saude

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*