Valorização da língua portuguesa na diáspora é “essencial”, afirma Diretor Regional das Comunidades

O Diretor Regional das Comunidades afirmou, nos Estados Unidos da América, que é “essencial“ o trabalho de valorização da língua portuguesa na Califórnia, desenvolvido pela Luso American Education Foundation junto da diáspora.

“Após mais de meio século de atividade em prol da língua e cultura portuguesas neste Estado, congregando as escolas comunitárias, o ensino regular e as universidades, constatamos que esta missão não se circunscreve apenas à aprendizagem”, frisou Paulo Teves, destacando a importância das inúmeras atividades de cariz cultural junto da comunidade, “em especial dos mais jovens”.

O Diretor Regional, que falava na cerimónia de entrega de prémios da 43ª Conferência Anual da Luso-American Education Foundation, que decorreu nas instalações da Irmandade do Divino Espírito Santo de San Pablo, sublinhou ainda ser importante que “a realização destas iniciativas aconteçam não apenas no mundo académico, mas também aliando o associativismo comunitário que, ao complementar e diversificar os programas, dá uma maior abrangência”.

Paulo Teves defendeu ainda a importância das universidades, em especial as que estão sediadas em comunidades portuguesas, “acompanharem a sua dinâmica e serem parceiras, aproveitando o potencial das mesmas, não apenas na manutenção da língua portuguesa, mas como complemento à oferta académica”.

Na edição deste ano, subordinada ao tema ‘Transmarginilidades: o Português Global’, que decorreu na Universidade da Califórnia – Berkeley, a Direção Regional das Comunidades foi uma das instituições homenageadas pelo apoio concedido há vários anos, não apenas à organização desta conferência, mas também aos diversos projetos desenvolvidos no Estado da Califórnia junto de vários estabelecimentos de ensino, bem como nos diversos intercâmbios de estudantes que têm visitado o arquipélago.

Na ocasião, o Diretor Regional disse que é através das parcerias com as diversas organizações da diáspora que se conseguem atingir os seus objetivos de terem “uma sempre maior participação da comunidade na defesa e promoção da língua portuguesa”, considerando também que, “quanto mais falantes de Português existirem na Califórnia, em concreto, e na diáspora, em geral, maior será o reconhecimento da nossa comunidade”.

Fundada em junho de 1963 por um grupo de cidadãos de origem portuguesa, a Luso American Education Foundation, instituição sem fins lucrativos, tem com missão principal a preservação, promoção e divulgação da língua e cultura portuguesas na Califórnia, realizando, desde 1975, uma conferência anual, que junta diversas organizações, professores e alunos de vários níveis de ensino de português daquele Estado, bem como investigadores e escritores portugueses.

Ao longo de várias décadas, tem atribuído bolsas quer para formação de professores de língua portuguesa, quer de estudo a alunos luso descendentes nos Estados Unidos da América, tendo, nos últimos anos, realizado um campo de férias dirigido a jovens da comunidade portuguesa com o objetivo de incrementar o seu ingresso no ensino superior.

DL/Gacs

Categorias: Comunidades, Regional

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*