BE quer ouvir secretária regional do Ambiente no parlamento sobre descargas da Cofaco no mar

O Bloco de Esquerda, em comunicado de imprensa enviado à nossa redação, receia que as recentes descargas da ETAR da Cofaco em Rabo de Peixe – cujos efeitos foram denunciados recentemente pela Associação dos Amigos do Calhau – possam estar a pôr em causa os ecossistemas e a saúde pública na costa norte de São Miguel.

Assim, segundo nos informa, os deputados do BE solicitaram já a presença da secretária regional da Energia, Ambiente e Turismo no parlamento para prestar esclarecimentos sobre esta situação.

De acordo com aquele comunicado, a denúncia da associação ambiental refere a existência de matéria orgânica na costa, com cheiro nauseabundo, alegadamente proveniente de descargas da fábrica, e o Serviço de Proteção da Natureza e Ambiente, não só confirmou que os efluentes resultaram de uma descarga controlada, como também garantiu que a descarga ocorreu com o conhecimento da Direção Regional do Ambiente.

O BE afirma, assim, que os problemas decorrentes das descargas da fábrica da Cofaco de Rabo de Peixe para o mar são recorrentes.

Ainda o ano passado, sublinha o Bloco, em setembro, o mesmo questionou o Governo Regional sobre quais as coimas aplicadas à empresa por uma infração específica que foi detetada pela Polícia Marítima e confirmada pela Inspeção Regional do Ambiente. Seis meses depois, o Bloco de Esquerda ainda não obteve resposta.

O requerimento do BE que solicita a audição da secretaria regional da Energia, Ambiente e Turismo na Comissão de Assuntos Sociais, Ambiente e Trabalho, com carácter de urgência foi entregue no parlamento.

DL/BE

Categorias: Política