Do sonho à realidade – Lançado queijo com selo “O Rei dos Queijos”

Este era um desejo de há muito. Há três anos a gerir o espaço comercial, Mário Bernardo admite que desejava ter um queijo com o selo “O Rei dos Queijos”.

A empresa “O Rei dos Queijos”, cuja loja situa-se no Mercado da Graça, em Ponta Delgada, é familiar. Fundada por Carlos Bernardo há 40 anos, a loja “O Rei dos Queijos” vende todos os produtos produzidos nos Açores. De todos os produtos vendidos, destaca-se o queijo de São Jorge e o queijo das Flores.

Diariamente, muitos clientes deslocam-se ao mercado de forma a comprar queijo e pão fresco, porém a loja é frequentada por muitos turistas, tendo ganho renome além fronteiras.

O segredo de sucesso desta loja passa pela inovação, apostando na qualidade dos produtos vendidos, limpeza do espaço, preços atrativos, e sem nunca esquecer a simpatia do vendedor.

Apresentado no mês de maio, este é um queijo diferente, exclusivo e o primeiro queijo de São Jorge a ser fabricado com leite pasteurizado.

Segundo Mário Bernardo é um queijo que se pode comer, um pouco mais barato por ter marca própria.

“Atualmente o queijo tem cerca de seis meses de cura, sendo que agora vamos afinar a cura a nosso gosto, pretendemos chegar aos 12, 18 e 24 meses”, explica o gerente.

Mário Bernardo realça que o queijo é produzido na Uniqueijo, sendo que o afinamento é feito nas instalações do Rei dos Queijos. “O segredo do queijo passa pela temperatura, o tempo de viragem, entre outros. Quanto mais curado o queijo mais picante ficará”, recorda.

Segundo explica trata-se de um queijo fabricado com leite pasteurizado, fabricado da mesma forma que o conhecido queijo de São Jorge, mas com um sabor acaba diferente.

“Para o lançamento deste novo queijo foram recebidos 350 queijos, mas ao fim de uma semana, já mais de 200 haviam sido vendidos, o que é demostrativo do sucesso”, adiantou.

Mário Bernardo diz que esta será a aposta da loja, além dos produtos regionais de excelência que vão surgindo no mercado.

DL

Categorias: Local

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*