Opinião: A nossa sociedade está tóxica

Vivemos numa sociedade repleta de pessoas tóxicas que nos sugam as energias como se fossem vampiros.

Mas afinal o que é uma pessoa tóxica? É simples (ou talvez não). Critica tudo e todos, aliás essa é a sua melhor qualidade, criticar, mas não sabe ser construtiva. Para quê cansar-se? Destruir é muito mais simples do que construir.

Ser tóxico é a doença do nosso século. Aliás, a nossa sociedade está tóxica. Tal como estar com depressão sem razão ou como um alcoólico que nega a realidade e a sua doença, será que uma pessoa tóxica sabe que o é?

Acredito que se pegue, pois conviver em demasia com pessoas constantemente negativas e destrutivas é o melhor caminho para apanhares este vírus.

A toxicidade corrói por dentro e manifesta-se através das palavras manipuladoras e tu, inocente que és, nem te apercebes que estás a ser sugado, lentamente, como quem não quer a coisa.

O melhor antídoto passa pelo sorriso, verdadeiro, não aquele que é falso, a famosa máscara, mas sim o sincero. Aquele que vem de dentro, que é caloroso e luminoso. E a bondade? Essa parece estar esmagada entre o interesse e o lucro.

E a coragem? Essa está oprimida entre um ecrã e um teclado e por magia passa pela ponta dos dedos. A nossa sociedade está cheia de novos heróis: fortes, faladores e opinativos. Os tais que se escondem atrás de uma rede social e que se esquecem que existe um mundo lá fora, com pessoas e palavras que nunca diriam frente a frente, cara a cara, rosto com rosto.

A vitimização também é uma caraterística da malta tóxica. Achar que aquele tem sorte porque tem o melhor emprego do mundo, porque tem dinheiro ou porque é feliz. Mas já pensaste nos anos que aquele lutou e acreditou até conseguir? Em vez de estares focalizado na vida daquele ou daquela, não seria melhor correres atrás dos teus sonhos? Sonhar, acreditar e lutar, para se concretizar.

Será que ainda há esperança ou todos nós já estamos contaminados?

Por: Andréa De Sousa

Categorias: Opinião

Deixe o seu comentário

Your e-mail address will not be published.
Required fields are marked*