Governo dos Açores lança campanha de prevenção contra o abuso da Internet

O Governo dos Açores, através da Direção Regional de Prevenção e Combate às Dependências, em parceria com a Direção Regional da Educação, está a promover esta quarta-feira, dia 17 de maio, a realização de ações de prevenção contra o uso indevido da Internet.

“Quando utilizada de forma exagerada, a Internet pode alterar significativamente a vida diária, o trabalho, a escola, as relações sociais e a saúde do utilizador, podendo acarretar comportamentos problemáticos semelhantes a outras adições”, alertou a Diretora Regional de Prevenção e Combate às Dependências.

Suzete Frias falava na Escola Secundária das Laranjeiras, em Ponta Delgada, à margem de uma sessão de esclarecimento sobre ferramentas de proteção online (firewall), conduzida por um engenheiro informático da Unidade de Saúde de Ilha de São Miguel.

Segundo o executivo regional, a iniciativa, que contou também com a presença do Diretor Regional da Educação, tem como base a prevenção e será alargada a outras escolas dos Açores.

José Freire destacou na ocasião a importância da Internet na formação dos jovens, mas alertou para “os perigos da sua utilização indevida”, considerando “urgente que todos os intervenientes no processo educativo se associem à prevenção”.

Esta ação conjunta inclui a distribuição de folhetos informativos junto das escolas do pré-escolar ao 2.º Ciclo, a realização de um inquérito online a jovens do ensino secundário e de uma palestra alusiva ao tema.

A campanha pretende assinalar o Dia Mundial da Internet e destina-se a alertar para os perigos de dependência e para as ameaças que constituem os jogos de manipulação online.

O alerta é feito no sentido de evitar a dependência, os comportamentos de risco e a perda de privacidade e segurança, do ponto de vista do utilizador.

No âmbito da avaliação do fenómeno, será distribuído um inquérito aos alunos do ensino secundário para apurar o grau de dependência da Internet.

Em paralelo com as escolas, a informação foi também remetida às Comissões de Proteção de Crianças e Jovens, ao Instituto de Segurança Social dos Açores e aos Centros de Desenvolvimento e Inclusão Juvenil.

DL/Gacs

Categorias: Regional