Governo dos Açores reafirma que a Região executou até agora dois terços do total nacional dos fundos do atual quadro comunitário

Overview

Sérgio Ávila quer que artesanato seja uma atividade económica cada vez mais relevante

O Vice-Presidente do Governo dos Açores reconfirmou esta quinta-feira, dia 14 de juhlo, dados recentemente divulgados sobre a execução de fundos comunitários, os quais “demonstram que dois terços dos fundos executados em Portugal foram-no pela Região Autónoma dos Açores”.

Segundo o executivo regional, Sérgio Ávila sublinhou que “este valor é ainda mais relevante quando os Açores representam apenas 2,4 por cento do país e asseguraram 64 por cento, ou seja, dois terços da execução dos fundos comunitários nacionais”.

“Com estes dados concretos e objetivo é demonstrado que não só o nível de execução de fundos do novo quadro comunitário de apoio é substancialmente superior a qualquer outra região do país, como não está, nem nunca esteve em causa qualquer perda de fundos comunitários, muito pelo contrário”.

Para Sérgio Ávila, “se os Açores mantiverem este ritmo de execução, terão condições para, no âmbito da reprogramação a meio do quadro comunitário de apoio, para verem reforçados, ainda mais, os seus fundos comunitários”.

“Esta é a realidade, que reforçamos e voltamos a reafirmar, com toda a objetividade”, afirmou o Vice-Presidente do Governo dos Açores.

DL/Gacs

Categorias: Regional