Deputados do PS questionam a criação do Centro de Investigação Internacional nos Açores

ps aÇORES lara martinho

Os deputados do PS/Açores na Assembleia da República acreditam no esforço por parte do Governo da República para mitigar os efeitos económicos e sociais decorrentes da redução de efetivos norte-americanos na Base das Lajes.

A propósito de uma audição do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, no âmbito da Comissão de Educação e Ciência, a Vice-Presidente do Grupo Parlamentar do PS, Lara Martinho pediu esclarecimentos sobre a criação de um Centro de Investigação Internacional nos Açores.

Na sua intervenção, Lara Martinho realçou as consequências “graves” para a ilha Terceira e para os Açores da redução militar na Base das Lajes, destacando, igualmente, as negociações “intensas” com os EUA. A deputada do PS/Açores na República salientou o otimismo e algumas reservas por parte do Presidente do Governo Regional dos Açores, Vasco Cordeiro, no seguimento da última reunião da Comissão Bilateral Portugal-EUA, ficando em aberto a possibilidade de os EUA utilizarem a Base das Lajes como polo científico nas áreas da meteorologia, da vulcanologia e da oceanografia.

Ao Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Lara Martinho lembrou ainda a posição do Secretário Regional do Mar, quando Brito e Abreu, afirmou que “o Centro de Investigação Internacional poderá ter a sua sede na ilha Terceira, mas estará repartido por várias ilhas, tirando partido das infraestruturas espaciais de Santa Maria, das infraestruturas de investigação científica sobre oceanos existentes no Faial e das infraestruturas ligadas ao estudo do clima das ilhas Graciosa e Pico”.

Para o Partido Socialista, notícias como por exemplo a implementação de um “Centro de Lançamento Espacial” na Base das Lajes significam interesse e empenho na procura de soluções com garantia de futuro para a ilha Terceira e para os Açores.

DL/PS

Categorias: Política