Sociedade açoriana empenha-se na integração dos imigrantes

Overview

Corrida interculturalidade Pico AIPA

O Diretor Regional das Comunidades destacou o empenhamento da sociedade açoriana na “constante promoção da integração dos imigrantes” que vivem nas ilhas dos Açores.

Paulo Teves, que falava na entrega dos prémios da 2.ª Corrida pela Interculturalidade, salientou o apoio do Governo dos Açores a diversas organizações e a promotores individuais da Região, que considerou serem “essenciais na dinamização e realização de iniciativas que favorecem a sã convivência entre povos e culturas, bem como na resposta às necessidades dos imigrantes”.

Os Cursos de Língua Portuguesa para Imigrantes, nos quais já participaram mais de 160 formandos em várias ilhas, o concurso ‘Açores: mar de culturas’, dirigido a estudantes para aprofundar o seu conhecimento sobre o fenómeno imigratório, assim como os apoios anuais atribuídos às atividades desenvolvidas pela Associação dos Imigrantes nos Açores e pelo Gabinete de Apoio ao Migrante da Cresaçor, entre outras, e a diversos projetos no âmbito das candidaturas são, segundo Paulo Teves, “alguns exemplos do compromisso do Governo dos Açores em contribuir para uma dinâmica cooperação com a sociedade, no que concerne a uma política inclusiva no arquipélago”.

A Corrida pela Interculturalidade, promovida pelo Governo dos Açores, através das direções regionais das Comunidades e do Desporto, em parceria com a Associação de Atletismo do Pico e com o apoio da Câmara Municipal de São Roque do Pico, visou promover a diversidade cultural existente nesta ilha, onde residem imigrantes de mais de três dezenas de nacionalidades, incentivando pelo desporto a adoção de bons hábitos de vida saudável.

A prova disputada na ilha do Pico contou com a participação de cerca de 100 atletas, divididos em três escalões etários, e incluiu uma caminhada.

A Corrida pela Interculturalidade teve como madrinha a ex-atleta internacional portuguesa Naide Gomes, campeã do Mundo de pista coberta, na modalidade de salto em comprimento, em Budapeste (2004) e Valência (2008), e da Europa, em Madrid (2005) e Birmingham (2007).

Natural de São Tomé e Príncipe, arrecadou também, entre 2002 e 2011, cinco medalhas de prata e uma de bronze em campeonatos mundiais e europeus de pista coberta, contando ainda com uma participação olímpica, em 2004, em Atenas, na Grécia, onde alcançou a 6.ª posição no salto em comprimento.

DL/Gacs

Categorias: Comunidades