“Trabalho da Inspeção de Saúde contribui para um melhor Serviço Regional de Saúde”

Luis Cabral saude Açroes secretaraio

O Secretário Regional da Saúde destacou a importância do trabalho desenvolvido pela Inspeção Regional de Saúde para um “sempre melhor funcionamento do Serviço Regional de Saúde”, que qualificou como um “bem comum”.

Luís Cabral, que falava na abertura da conferência ‘Justiça em Saúde’, que assinala o 5.º aniversário da Inspeção Regional de Saúde (IReS), revelou que esta entidade instaurou 357 processos desde a sua criação, o que representa uma média de 71,4 processos por ano.

Segundo referiu, “dos 357 processos instaurados, apenas 17 foram processos disciplinares a profissionais de saúde, técnicos superiores e pessoal administrativo, o que representa uma média de 4,76%”, frisou o Secretário Regional, acrescentando que a maioria dos processos instaurados foram de natureza preventiva e pedagógica.

Na sua intervenção, o titular da pasta da Saúde salientou os “fatores de pressão” que se apresentam à prestação de cuidados de saúde, “quer de natureza geral, aplicados a qualquer sistema de saúde, quer de natureza específica, como na Região Autónoma dos Açores, com nove ilhas dispersas”.

A Inspeção Regional de Saúde, criada em 2011 com uma equipa de três elementos, conta atualmente com sete, dos quais quatro são inspetores de carreira.

Ainda segundo o governante, os 357 processos que a IReS abriu ao longo dos seus cinco anos de atividade estão, na sua maioria, relacionados com pedidos de informação ou intervenção, processos de análise de reclamações, acompanhamento ao setor público, fiscalização do setor privado, auditorias, inspeções e processos de inquérito.

DL/Gacs

Categorias: Educação, Saúde