AMISM faz balanço positivo de projeto Terra Jovem

Terra Jovem projeto AMISM balanço

O Presidente da Associação de Municípios da Ilha de São Miguel, Ricardo Rodrigues, faz um balanço positivo da participação no projeto Terra Jovem promovido pela Associação de Promoção de Públicos de Jovens em Risco, com a qual estabeleceu parceria.

Ricardo Rodrigues falava no “Seminário Terra Jovem: Agir Local, Pensar Global”, que se realizou quarta-feira na Associação Agrícola de São Miguel, marcando assim o desfecho do programa co-financiado pelos fundos EEA Grants – European Economic Areas Grants, mecanismo financeiro de um conjunto de três países como a Islândia, Liechenstein e Noruega, gerido em Portugal pela Fundação Calouste Gulbenkian.

“Das potencialidades dos territórios…aos desafios da empregabilidade jovem” foi o tema do painel em que interveio, manifestando desde logo disponibilidade para manter o projeto no terreno, prevenindo situações de exclusão e dando o seu contributo “para a felicidade dos outros, numa sociedade que se pretende mais justa, mais fraterna e mais igualitária”.

O Presidente da AMISM aproveitou ainda a ocasião para congratular as entidades envolvidas no projeto e promete estar atento, enquanto autarca, ao percurso de aprendizagem dos jovens abrangidos pelo programa e sua inclusão social. Ricardo Rodrigues sublinhou também que “iniciativas como esta são muito importantes para a coesão do território e que os serviços públicos cumprem assim a sua função de olhar por todos quando o setor privado não consegue dar resposta”.

No mesmo painel, o Presidente da Câmara Municipal da Ribeira Grande, Alexandre Gaudêncio, manifestou-se igualmente satisfeito com os resultados do projeto desenvolvido no seio de um bairro social na freguesia da Ribeirinha, pretendendo dar continuidade ao trabalho em curso “com vista a valorizar os territórios, dignificar as pessoas, promover competências” projetando-o para outras áreas do concelho com potencial.

DL/AMISM

Categorias: Regional