Curso ‘Medical Response to Major Incidents’ deixa sentimento de “missão cumprida”

BombeirosPDL@RA (3)

O Presidente do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores (SRPCBA) afirmou, na Praia da Vitória, que a realização do curso ‘Medical Response to Major Incidents’ (MRMI) deixou um sentimento de “missão cumprida”.

“Mais difícil do que fazer é pensar que pode ser feito e nós acreditámos e conseguimos cumprir”, salientou José Dias, que falava terça-feira no final do curso, que decorreu no Centro de Formação Belo Jardim, agradecendo aos participantes pela recetividade, assim como aos formadores, oriundos da Região Autónoma da Madeira e do estrangeiro, pela disponibilidade para ministrar esta formação.

Segundo o executivo regional, José Dias adiantou que estão já em curso negociações tendo em vista a realização de um segundo curso MRMI nos Açores.

O curso ‘Medical Response to Major Incidents’, que decorreu entre 17 e 23 de fevereiro, resultou de uma ação promovida pelo SRPCBA e contou com mais de 160 inscritos.

Nesta ação participaram 97 profissionais de saúde, dos quais 18 do Hospital do Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, 24 do Hospital de Santo Espírito da Ilha Terceira, em Angra do Heroísmo, e 13 do Hospital da Horta.

Das Unidades de Saúde de Ilha, estiveram envolvidos neste curso quatro profissionais de saúde de Santa Maria, oito de São Miguel, sete da Terceira, três da Graciosa, quatro de São Jorge, seis do Pico, quatro do Faial, cinco das Flores e um do Corvo.

O curso contou ainda com a participação de elementos do SRPCBA, dos corpos de bombeiros dos Açores, da Associação de Municípios, do Regimento de Bombeiros Sapadores de Lisboa, da PSP, da GNR, da Autoridade Marítima, do Exército e da Força Aérea, entre outros.

DL/Gacs

Categorias: Regional