SMAS de Ponta Delgada terminam 2015 com balanço positivo

Overview

Açores autarquias Câmara Ponta delgada edificio

Os Serviços Municipalizados de Água e Saneamento (SMAS) de Ponta Delgada, ilha de São Miguel, cumpriram os objetivos propostos no plano de execução para 2015 na íntegra, assegurando a qualidade de todo o abastecimento de água e o correto tratamento de águas residuais de Ponta Delgada.

De todas as obras feitas, há que destacar a construção da conduta adutora de Santo António, que viu a sua primeira fase iniciar-se em janeiro de 2014 e que, em 2015, teve o início e conclusão da segunda e terceira fases, sendo que a quarta e última fase, iniciada em 2015, terminará nos primeiros meses de 2016. Esta conduta adutora engloba um sistema de abastecimento de 100% à freguesia de Capelas e de 50% às freguesias de São Vicente Ferreira e Fenais da Luz, revela uma nota da autarquia.

Outra obra importante no plano dos Serviços Municipalizados foi a substituição das condutas adutoras de Ponta Delgada de 200 milímetros de diâmetro para 350 milímetros em ferro fundido dúctil, mantendo-se em bom ritmo o cumprimento do plano de substituição das principais condutas adutoras que servem o maior concelho da região.

O ano que agora termina contou ainda com a execução do plano de extensão das redes de saneamento das freguesias da Relva e dos Mosteiros que, dado a dimensão dos seus projetos, tem sido executado gradualmente por esta entidade gestora.

Por fim e não menos importante regista-se ainda o início da construção de dois reservatórios, o da Pedra Queimada, nos Mosteiros, e o da Arrenquinha, em São Vicente (ampliação do existente), materializada pela edificação de duas células em cada freguesia, cada uma delas com a capacidade de 500 metros cúbicos de água, revela a mesma nota.

DL/CMPD

Categorias: Regional