Aluno de CATL da Lagoa distinguido em concurso da UNESCO

Xavier Pacheco tem 11 anos e é aluno no CATL «O Borbas» © DL

“Costumam dizer que eu tenho uma veia artística e correu bem”, conta ao Diário da Lagoa (DL), Xavier Pacheco, que em outubro recebe o galardão nacional. O aluno do Centro de Atividades e Tempos Livres, O Borbas, conquistou uma menção honrosa no concurso” Não escolham a extinção – Conservar a natureza. Preservar o planeta”, da Comissão Nacional da UNESCO, a Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura. 

O jovem, de 11 anos, elaborou um desenho alusivo ao tema do concurso, com o título “Terra, o planeta em perigo” e acompanhado da frase “Temos de ser melhores, tomar consciência das nossas ações”.

A participação no concurso decorreu de um convite da rede das bibliotecas associadas à UNESCO, à qual a biblioteca municipal Tomaz Borba Vieira se encontra associada, tendo, nesse âmbito, colaborado em diversos concursos.

Em declarações ao DL, Xavier diz que no princípio “não achava importante”, mas depois pensou “que se ganhasse podia ser premiado”.

Questionado sobre o que sente quando está a desenhar, o aluno, sem hesitar, afirma: “sinto-me criativo, penso que estou saindo fora da caixa e que estou livre”.

Aluno diz que se sente “criativo” e que está “saindo fora da caixa” e “livre” quando desenha © XAVIER PACHECO

O pai, Rúben Pacheco, 37 anos, acompanha o Xavier no encontro com o DL e realça que “como qualquer pai”, sente-se “orgulhoso pelo desempenho”, sublinhando que se trata de uma competição nacional e que o facto de “ter sido distinguido o meu filho entre todos, é um orgulho.”

“O Xavier desde muito pequeno, mesmo ainda no pré [escolar], se ele tinha que contornar um desenho ele não passava a margem e mesmo em casa ele faz muitos trabalhos de desenho a lápis e carvão. De mão livre, ele de repente pega num papel de bloco de cavalin e vai para o seu quarto desenhar”, conta Ruben Pacheco.

DL

Categorias: Educação

Deixe o seu comentário