Alojamento Local com 27 milhões de euros de quebras

O valor é avançado pela Associação de Alojamento Local dos Açores (AALA) que disponibilizou um inquérito a todos os proprietários de AL´s dos Açores. Foram obtidas 405 respostas.

A realização do estudo pretendeu avaliar do panorama do impacto que o Covid-19 está a ter no setor.

O estudo identificou quebras de receitas de 70%, o que representa mais 27 milhões de Euros e elevadas taxas de cancelamentos nas reservas, havendo proprietários a estimar cancelamentos entre 75% e os 100%.

A grande maioria dos AL’s indicou que consegue manter as suas portas abertas, mesmo não havendo atividade, com os apoios disponibilizados pelo Estado e o complemento da região, ou com outros rendimentos e poupanças. Os restantes manifestaram que terão que fechar definitivamente o seu espaço, praticar arrendamento de longa duração ou mesmo vender a propriedade, encerrando a sua atividade definitivamente.

As respostas também evidenciaram que, aqueles que se querem manter no negócio, acreditam que a atribuição do selo Clean & Safe criam confiança no mercado, sendo uma solução recente e reconhecível.

Atualmente e de acordo com a AALA, o Alojamento Local representa cerca de 57% do total das camas disponíveis nos Açores.

DL

Categorias: Regional

Deixe o seu comentário